Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021

Polícia Federal prende suspeitos de ataque a índios em MS

Polícia Federal prende suspeitos de ataque a índios em MS

15 junho 2012 - 08h20
Folha.com

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (15) dez suspeitos de participar do ataque a um acampamento de índios guarani-caiovás em Ponta Porã (MS), em novembro de 2011.

O líder do acampamento, Nísio Gomes, 59, está desaparecido desde o ataque. Na época, testemunhas disseram à Funai (Fundação Nacional do Índio) que ele morreu baleado e teve o corpo levado em uma caminhonete.

A PF não divulga nomes e detalhes da prisão nem diz se constatou a morte de Gomes. O caso está sob segredo de justiça, segundo o chefe da delegacia da PF em Ponta Porã, Jorge André Figueiredo.

Os presos em caráter preventivo estão em Dourados (224 km de Campo Grande), onde começaram a prestar depoimentos.

O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul, que acompanha o caso, também não informa detalhes sobre o caso. A assessoria de imprensa do órgão disse que a intenção é não atrapalhar as investigações e a eventual prisão de outros suspeitos.

Três homens haviam sido presos em dezembro, mas foram liberados dias depois. A PF e a Procuradoria também não disseram se eles estão entre os alvos dos mandados desta sexta-feira.

A Funai disse não ter sido informada das prisões.

Os guarani-caiovás estavam acampados em uma área ocupada por fazendas, com a intenção de retomar as terras.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde alerta sobre ligações e SMS falsos de cadastro para vacinação
IMUNIZAÇÃO
Primeiros imunizados contra Covid-19 relatam emoção e encorajam população
REGIÃO
Administrador de empresas é autuado por desmatamento ilegal
SAÚDE
Distanciamento continua fundamental, mesmo com vacinação, diz Opas