Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020

População teme a volta do 'Maníaco da Cruz' em Rio Brilhante

29 setembro 2011 - 15h30
População teme a volta do 'Maníaco da Cruz' em Rio Brilhante

Correio do Estado

Apesar da mãe do Maníaco da Cruz ter se mudado de Rio Brilhante, moradores da cidade estão temerosos com a possibilidade de o jovem, responsável por três assassinatos, ser colocado em liberdade nos próximos dias. Ele está apreendido da Unidade Educacional de Internação (Unei) de Ponta Porã e pode voltar a morar na localidade. Muitos ainda temem a revolta da população com relação ao retorno do assassino em série e, principalmente, a ira dos amigos e familiares das vítimas mortas em 2008.

“Tenho receio sim porque esse cara era bandido e não sei se recuperou, mas acredito que não. Acho que sua volta vai causar revolta principalmente nas famílias das vítimas. A cidade era pacata até então, mas depois disso mudou tudo”, garantiu um comerciante de 42 anos. Uma vendedora, de 27 anos, disse que viu o maníaco algumas vezes na região comercial da cidade, mas revelou que se voltasse a vê-lo não chegaria nem perto dele. Uma outra vendedora, de 25 anos, disse que o assassino em série já deixou bem claro que não se arrepende e que voltará a matar. “Ele é um psicopata”, resumiu.

“Tem uns 15 dias que a gente só fala nisso. Antes eu saía sexta, sábado e domingo para ir em festas e na praça, mas agora já avisei aos meus amigos que não vou sair mais de casa”, garantiu uma atendente de 23 anos. A jovem disse que todos em Rio Brilhante estão com medo, mas acredita que se ele voltar os moradores farão uma verdadeira “caça ao maníaco”. A atendente comentou ainda que se preocupa porque mora sozinha e também porque soube que o autor ameaçou matar a própria mãe e tia. “Todo mundo só fala disso e eu mesma estou apavorada”, garantiu.

“Ele não deveria ser solto nunca. Não sou a favor de matar ninguém, mas alguém deveria matá-lo na porta da Unei. Ele não matou pessoas inocentes porque eram impuras? Então porque não começou matando a mãe dele que teve três ou quatro maridos?”, questionou uma empresária de 28 anos, garantindo que exceto a mãe do maníaco, ninguém mais quer que ele volte para as ruas.

“Os moradores irão se revoltar se ele voltar porque se a Justiça não faz por ela, o ser humano faz por si próprio”, comentou, revelando que as pessoas só levam uma vida normal porque a ameaça está presa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Mais de 800 mil reais em iPhones foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus
NOTÍCIAS
Portaria altera regras de identificação pessoal pelo Detran-MS
RIBAS DO RIO PARDO
Polícia Civil prende suspeito de receptar sela furtada em fazenda
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental e Marinha de Corumbá interditam construções às margens do rio Paraguai e autuam infratores em R$ 2 mil