Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020

Posto de combustível de Dourados é flagrado pela segunda vez furtando energia

12 setembro 2011 - 20h03Por Midiamax
O funcionário de uma empresa terceirizada para medição e fiscalização do serviço de energia elétrica no município de Dourados, flagrou na tarde de segunda-feira, 12, um mecanismo que burlava o real consumo de eletricidade do posto de combustível Novo Horizonte, localizado na Avenida Hayel Bon Faker, no Jardim Água Boa.

Conforme informações contidas no boletim de ocorrência, o funcionário da terceirizada da Enersul verificou que o medidor de energia elétrica não estava registrando o consumo porque havia recebimento um isolamento. Além disso, foi verificado que a caixa de medição estava adulterada.

Segundo um funcionário do posto, a perícia da Polícia Civil esteve no local analisando e fotografando o medidor.O posto continua funcionando normalmente. O caso está sendo investigado por Jane Mary Castilha Vasconcelos, investigadora de polícia judiciária. O Delegado responsável é Sandro Márcio Pereira.

De acordo com a assessoria de imprensa da Enersul em Campo Grande, o mesmo posto de combustível foi flagrado em 2007 praticando o mesmo crime. A empresa alerta que possui um sistema de acompanhamento de consumo e toda vez que uma unidade consumidora apresenta queda alarmante de consumo são enviados técnicos para vistorias.

Neste ano, conforme a Enersul, já foram feitas 82 mil inspeções em unidades consumidoras, sendo que 22 mil apresentaram irregularidades, isto envolvendo estabelecimentos comerciais e residências. Até o final de 2011 outras 80 mil inspeções serão feitas em todo Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia
Pesquisa mostra que tensão entre os presos é um dos motivos
SAÚDE
MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
TRÊS LAGOAS
Polícia Militar Ambiental captura jiboia em condomínio
NOTÍCIAS
Paraguai prevê reabertura de lojas da fronteira em setembro
Ministro de Relações Exteriores diz que conversa está avançada com governo brasileiro