Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021

"Prefiro ter um filho veado do que um filho marginal", diz Valesca Popozuda

"Prefiro ter um filho veado do que um filho marginal", diz Valesca Popozuda

02 outubro 2011 - 19h39Por UOL
Raquel Pacheco resolveu falar sobre homossexuais na madrugada de domingo (02). Escutada por Marlon e Valesca Popozuda, ela enalteceu qualidades comuns aos gays em sua opinião. "Gay é ideal. Ele tem a lealdade masculina com a sensibilidade de uma mulher". A ex-garota de programa também lamentou a falta de um participante homossexual nesta edição do reality.

Em seguida, os peões passaram a falar de preconceito e Marlon questionou Valesca sobre o que ela faria caso seu filho, de 12 anos, fosse gay. Sem titubear, a funkeira respondeu que aceitaria e entenderia a opção sexual. "Claro que eu vou aceitar. Prefiro ter um filho veado do que um filho marginal", declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Fisco usa declarações de terceiros para documento pré-preenchido do IR
INFRAESTRUTURA
Investimentos em rodovias, pontes e estradas contribuem com escoamento da produção de soja em MS
LEGISLATIVO
Quatro projetos estão pautados para a sessão ordinária desta quinta-feira
POLÍTICA
Senado aprova PEC Emergencial em primeiro turno