Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

Presos pai e filho acusados de matar em aldeia de Amambai

Presos pai e filho acusados de matar em aldeia de Amambai

19 dezembro 2011 - 14h30
A Gazetanews


O indígena Nestor Vera, de 39 anos e seu filho de 17, foram presos pela Polícia Civil no início da noite desse domingo (18) em Amambai, acusados de matar outro índio à facada na Aldeia Amambai.

Sérgio Gauto Benites, de 21 anos, foi assassinado com uma facada no peito na madrugada desse domingo, segundo a polícia, quando participava de um baile no interior da Amambai, que é a segunda aldeia mais populosa de Mato Grosso do Sul, com cerca de 7 mil índios da etnia guarani-kaiowá.

Segundo a Polícia Civil, a prisão dos acusados aconteceu depois que uma suposta testemunha ocular do crime teria relatado à polícia que teria visto o momento que o adolescente teria segurado a vítima para que o pai, Nestor Vera, desferisse a facada.

Na Delegacia Nestor, que foi preso com o auxílio de lideranças da reserva indígena, negou a autoria do crime.

Ele foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio, previsto no artigo 121 do Código Penal Brasileiro e encaminhado ao EPAM (Estabelecimento Penal de Amambai), onde permanecerá preso à disposição da Justiça.

Já o filho de Nestor Vera, o adolescente de 17 anos, também foi apreendido pelo mesmo crime e passou a disposição do Ministério Público da Infância e da Juventude.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Brasileiros acreditam em inflação de 4,8% nos próximos 12 meses
CORONAVÍRUS
Diagnosticado com covid-19, o vice-prefeito de Ponta Porã, Caio Augusto (PSD), está internado na UTI
POLÍTICA
Lei sobre Internet das Coisas pode gerar milhões de empregos
Avaliação é do Ministério das Comunicações
OPERAÇÃO MOTOR DE LAMA
RF, PF e CGU combatem esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas no estado do MS