Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021

Produção de mel é bom negócio em Mato Grosso do Sul

Produção de mel é bom negócio em Mato Grosso do Sul

29 setembro 2011 - 07h20Por Assessoria
Clima favorável, abelhas resistentes a doenças, floradas abundantes e – o mais promissor – demanda maior que a oferta. Esses fatores fazem da produção de mel um bom negócio para apicultores de Mato Grosso do Sul. Para evidenciar essas potencialidades e propagar a qualidade dos produtos derivados das colmeias, a Federação de Apicultura e Meliponicultura de MS (Feams) realiza a I Feira Regional do Mel, de 07 a 09 de outubro de 2011, em Guia Lopes da Laguna.

O evento tem apoio da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e participação de apicultores de cinco municípios da região, que concentra o maior número de produtores de mel do Estado. Mato Grosso do Sul tem aproximadamente 700 apicultores e produz cerca de 650 toneladas de mel por ano.

“O que não atende a demanda de consumo, pois além do consumo normal, atendemos as escolas”, salienta o presidente da Feams, Gustavo Nadeu Bijos.
E é na rede escolar que se encontra um grande mercado instalado, pois a legislação estadual inclui o mel como integrante obrigatório da merenda dos alunos. “Mel é um excelente negócio, basta gostar da atividade”, ressalva o presidente da Feams.

A feira terá exposição de equipamentos, eleição da Rainha do Mel a apresentações culturais. Por reunir o maior número de apicultores do Estado, cerca de 100, a região conta com três entrepostos que inspecionam o envasamento do mel, localizados em Jardim, Guia Lopes e Nioaque. “Com o evento, queremos estimular a adesão e investimento de produtores e municípios na apicultura”, assinala Bijos.

A I Feira Regional do Mel de Mato Grosso do Sul será realizada no Ginásio de Esportes de Guia Lopes da Laguna, das 14h às 22h. O evento terá participação de apicultores de Bela Vista, Porto Murtinho, Jardim, Guia Lopes da Laguna e Nioaque.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Última semana de inscrições para os programas Bolsa Atleta e Bolsa Técnico
ESTADUAL DE FUTEBOL 2021
Águia Negra e Aquidauanense se reencontram e ficam no empate; Dourados vence a segunda seguida
JUSTIÇA
STF decide que Petrobras não precisa se submeter à Lei das Licitações
CRIME AMBIENTAL
PMA usa imagem de satélite, descobre desmatamento ilegal de vegetação nativa e autua infrator