Menu
Busca domingo, 28 de fevereiro de 2021

Projeto inédito desperta consciência ambiental nas aldeias

21 outubro 2011 - 13h40
A Gazetanews

Um projeto elaborado pela empresa de consultoria na área de energia, Unienergy Consultoria e Planejamento, com sede em Campo Grande, implantado de forma inédita no município, levou conscientização sobre preservação ambiental e o uso racional da energia elétrica às comunidades indígenas das aldeias, Sassoró e Jaguapiré em Tacuru essa semana.

Desenvolvido pela empresa em parceria com a Prefeitura local, através da Secretaria Municipal de Educação e com o apoio de educadores e lideranças das reservas indígenas, o projeto, denominado “Educando com Energia”, trouxe, através da distribuição de cartilhas, palestras e apresentações de danças e peças teatrais, uma mensagem sobre a importância da preservação dos recursos naturais e do consumo racional da energia para salvar o Planeta e garantir a sobrevivência das gerações futuras.

O alvo principal do projeto, que aconteceu no interior da Aldeia Sassoró, era a comunidade escolar, entre eles, pais e alunos das escolas municipais instaladas nas duas reservas indígenas, já que os alunos da Aldeia Jaguapiré foram transportados para a Sassoró para acompanhar a ação, más o projeto também acabou abrangendo toda a comunidade indígena.

No primeiro dia de atividade do Educando com Energia, os integrantes do projeto, entre eles as duas diretoras da Unienergy Consultoria e Planejamento, a advogada Dra. Ieda Mara Leite Anbar e a Dircéia Maciel Vasconcellos, mantiveram contado direto com os alunos e distribuíram a cartilha, que é bilíngüe, ou seja, escrita em português e na linguagem praticada pelas comunidades indígenas em Mato Grosso do Sul, o guarani.

A cartilha, que é de autoria das próprias diretoras da Unienergy Consultoria, Dra Ieda e Dircéia, teve a parte traduzida para o guarani pelo professor indígena, Amaro de Souza Rocha, que é da própria Aldeia Sassoró, localidade onde o projeto foi aplicado pela primeira vez e, segundo os coordenadores, superou as expectativas no que diz respeito à participação da comunidade local.

Além das diretoras da Unienergy Consultoria e Planejamento, acompanharam o lançamento do projeto “Educando com Energia” em Tacuru, que teve seu auge na manhã de terça-feira (18) com as apresentações na quadra de esportes da escola da Aldeia Sassoró, a deputada estadual em Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, apontada como uma espécie de “madrinha” da ação, o vice-prefeito de Tacuru, Paulo Pedro Rodrigues, o “Pedrinho”, os vereadores de Tacuru, Ezaul Martins e Alfredo Garay, que também são indígenas, o delegado de Polícia Civil de Tacuru, Dr. Eduardo Lucena, o secretário de governo da Prefeitura de Tacuru, Hilton Martins e o secretário de educação do município, Antônio Marcos Palhano, o “Marcão”.

Todo o trabalho também foi acompanhado pelo capitão da Aldeia Sassoró, Marcos Gomes e pela diretora da escola municipal que funciona na reserva indígena, professora Luzia Montiel.

Atualmente a escola da Aldeia Sassoró atende 1.075 anos, todos da comunidade indígena que conta com uma população estimada em 3,2 mil habitantes, segundo a Secretaria Municipal de Educação de Tacuru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Polícia Militar flagra veículo transportando produtos de contrabando e descaminho
SAÚDE
Pesquisa: cepa do Amazonas do coronavírus gera mais carga viral
TEMPO
Fevereiro termina com pancadas de chuva e máxima de 36°C em Mato Grosso do Sul
GERAL
Satélite brasileiro será lançado na madrugada deste domingo