Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020

Quatro são presos por tráfico de animais

Quatro são presos por tráfico de animais

15 agosto 2011 - 20h51Por PRF
Por volta das 2hs da madrugada de segunda-feira, no km 600 da BR 262 (Posto PRF Guaicurus), entre Miranda e Corumbá, foram apreendidos cerca de 900 “canários peruanos”.

Os pássaros estavam no veículo Chevrolet/Classic LS, placas de Corumbá, sendo conduzido por D.S.F., 42 anos, comerciante, tendo como passageira a sua sogra e proprietária do veículo, E.M.A., 54 anos; ambos corumbaenses.

Em breve vistoria no veículo foi constatado que havia várias gaiolas, contendo pássaros silvestres em péssimas condições de transporte. Quando indagados para aonde levariam os pássaros responderam que estariam levando até Campo Grande, informando que receberiam R$ 3.000,00 para realizarem o transporte até a capital sul-mato-grossense, e que teriam sido contratados por dois homens que estavam em um veículo Vectra com placas do estado de Minas Gerais.

Dessa forma, foi acionada uma equipe da Polícia Rodoviária Federal de plantão na região de Anastácio para que tal veículo fosse abordado.

Minutos depois a PRF abordou um veículo GM/Vectra, com placas de Governador Valadares/MG, sendo conduzido por J.C.D.M., 46 anos, comerciante, e tendo como passageiro M.D.J. de 64 anos, aposentado.

No ato da abordagem os dois homens informaram que estavam voltando da Bolívia, onde estavam passeando e seguiam de volta para Governador Valadares/MG, onde residem. Entretanto, entraram em algumas contradições que fizeram com que os policiais levantassem suspeitas quanto ao real motivo da viagem. Posteriormente ficou provado que os pássaros pertenciam aos “dois mineiros”.

J.C.D.M. e M.D.J. têm passagens pela polícia por tráfico de animais silvestres, e a opção de contratar dois corumbaenses seria pelo motivo de não levantar suspeitas, devido o veículo ser de Mato Grosso do Sul, segundo os contratantes.

Esta é a terceira grande apreensão de “canários” realizado pela Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul este ano, as outras duas foram na região de Três Lagoas.

As quatro pessoas envolvidas na apreensão, veículos e pássaros foram encaminhados à Polícia Federal em Corumbá.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
MAUS-TRATOS AO ANIMAL
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
SEMANA DO SERVIDOR
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública