Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020

Saiba onde e como armazenar cada alimento para manter tudo fresquinho por mais tempo

Saiba onde e como armazenar cada alimento para manter tudo fresquinho por mais tempo

18 novembro 2011 - 16h50
IG


Bagunça nos armários ainda dá para relevar. Mas na geladeira, nunca! E não é uma uma questão de organização, mas de saúde: se mal armazenados, os alimentos perecíveis perdem suas propriedades nutricionais, estragam mais rápido e podem causar problemas sérios como a intoxicação alimentar. Então, se seu refrigerador tem azeitonas embolorando e pizza guardada da semana passada, saia dessa fria e mãos à obra.

Mantenha o gavetão inferior sempre limpo e seco para guardar legumes e hortaliças folhosas, como alface, agrião, rúcula e espinafre, por até quatro dias. E nada de chegar com a compra do supermercado e jogar tudo na geladeira. "Antes de guardar, retire as hortaliças da embalagem, livre-se das folhas murchas e machucadas e coloque tudo em sacos plásticos transparentes e secos", recomenda a nutricionista Madalena Vallinoti, da clínica Personal Diet, de São Paulo. Higienizar os alimenttos antes de guardar também é importante.

As frutas podem ficar nas prateleiras de baixo, fechadas em recipientes plásticos. E só devem ser refrigeradas se estiverem maduras, do contrário, deixe-as do lado de fora até amadurecerem. Nesse espaço também ficam as sobras de comidas, guardadas em potes herméticos, para o cheiro não passar para outros alimentos.

Peixes, aves e carnes podem ser mantidos em suas embalagens originais, nas gavetas, no compartimento extrafrio ou nas prateleiras intermediárias, mas sempre em recipientes plásticos com tampa. “Esse cuidado evita a contaminação de outros alimentos, caso haja vazamento do suco das carnes”, explica a nutricionista. Se não forem consumidos em dois dias (no caso dos peixes, apenas um dia), leve as carnes ao freezer em sacos plásticos próprios para congelamento.

O caso dos ovos é diferente: eles devem ser guardados fora da caixa, que pode ser contaminada no depósito do mercado. O importante na hora de armazená-los é que eles se movimentem pouco para evitar microfissuras na casca imperceptíveis à vista humana. Mas, se estiverem bem encaixadinhos no recipiente da porta, podem ficar ali sem problemas.

Na prateleira superior, que mantém melhor a temperatura por estar próxima ao freezer, arrume os laticínios, como queijos, requeijão, manteiga, leite, iogurtes, sobremesas, além de embutidos e patês. Todos devem ficar em embalagens fechadas, para não deixar odores na geladeira

Na porta, coloque água, refrigerantes, sucos de caixinha, ervas, especiarias, geleias, condimentos como mostarda e catchup, vidros de azeitonas e conservas. Alimentos comprados congelados vão direto para o freezer. E, uma vez descongelados, não podem voltar para lá.

Carnes e peixes devem ser guardados limpos e separados em pequenas porções, etiquetados com data. Se precisar degelar, faça isso uma vez por mês. Por fim, mantenha o botão de temperatura da geladeira sempre a 4ºC e, pelo menos uma vez por semana, faça uma faxina geral nas gavetas e prateleiras para jogar fora tudo (mas tudo mesmo!) o que estiver estragando. Que tal começar hoje?

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
INTERNACIONAL
TikTok move processo para tentar reverter banimento nos EUA
INTERNACIONAL
Museu sobre acidente nuclear de Fukushima abre suas portas
INTERNACIONAL
Protestos contra monarquia ganham força na Tailândia