Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020

Título Interno

22 agosto 2011 - 10h08
Divulgação (TP)

Difundir tecnologias aplicadas à produção de leite e hortaliças e ao controle da qualidade em pequenas propriedades rurais é a proposta do Circuito Rural – Tecnologia no Campo, do Sebrae, que estará em 27 municípios sul-mato-grossenses a partir do dia 23 de agosto.



Por meio de palestras e oficinas, os dias de campo acontecem em propriedades modelos nas principais regiões de produção do Estado. “Damos liberdade ao município para a escolha do local. As aulas são práticas. No caso do leite, é necessário que tenha uma casa de ordenha, área de pastagem e capineira; já para a olericultura que haja canteiro de horta, casa de lavagem e água”, explica o coordenador do Circuito, Carlos Eduardo Cordeiro.


Durante um dia inteiro, acontecem quatro turmas, sendo duas pela manhã, simultâneas sobre horta e leite e, à tarde, repetem os assuntos. “A ideia é que o participante que fez um tema pela manhã possa retornar à tarde para aprender sobre outra atividade”, esclarece.



Além de difundir a tecnologia, também serão abordadas questões relativas ao processo de gestão ambiental e do negócio. A administração da atividade, os pontos de controle, o uso racional dos recursos, o aproveitamento e a destinação de resíduos estão entre as informações que serão repassadas.



Para cada evento, é esperada a participação de pelo menos 100 produtores rurais de pequenas propriedades. Os Interessados deverão fazer a inscrição, sem custo, no local de realização do Dia de Campo. O traslado para os locais de curso poderão ser feitos com ônibus a serem disponibilizados pelas prefeituras e sindicatos rurais.



O Circuito Rural conta com apoio da Seprotur. A ação está dividida em cinco rotas pelo Estado. A primeira cidade a receber será Maracaju, no dia 23 de agosto, das 8h30 às 17 horas. No mesmo roteiro está Sidrolândia (25), Dourados (27), Caarapó (29), Aral Moreira (31) e Ponta Porã (2/09). O próximo grupo será visitado a partir do dia 12 de setembro e o término do Circuito Rural está previsto para 25 de novembro. Também fazem parte do Circuito as cidades de Três Lagoas, Bataguassu, Batayporã, Ivinhema, Itaquiraí, Mundo Novo, Ribas do Rio Pardo, Campo Grande, Bandeirantes, Rio Negro, Coxim, Sonora, Nioaque, Bonito, Bodoquena, Porto Murtinho, Selvíria, Aparecida do Taboado, Inocência, Chapadão do Sul e Costa Rica.



Tecnologia e Gestão



O manejo nutricional e sanitário; a qualidade do leite; o manejo da ordenha, o controle da produção leiteira e o controle reprodutivo do animal estão entre os temas discutidos nos eventos direcionados à atividade leiteira.



Já no dia de campo para horta serão demonstradas tecnologias de fácil aplicação em olericultura, manejo nutricional (solo e planta), de pragas e doenças, procedimentos de colheita e pós-colheita; planejamento de produção e rastreabilidade.



Serviço

Em Maracaju o Dia de Campo do Circuito Rural será no assentamento Santa Guilhermina, lote 44, a cerca de 200 quilômetros de Campo Grande. Mais informações pelo telefone 0800-570-0800.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Mulher que teve terreno retomado pelo Município será indenizada
CRIME AMBIENTAL
Empresa sucroenergética de Rio Brilhante é autuada em R$ 186 mil por incêndio em sua lavoura de cana no município de Sidrolândia
CAPITAL
Aluna aprovada no vestibular tem direito a certificado de ensino médio
ECONOMIA
STF aprova proposta orçamentária para 2021 de R$ 712 milhões