Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020

Secretária quer dentadura com aparelho para ficar jovem

30 agosto 2011 - 10h43Por G1/MS
Para deixar a dentadura com uma aparência mais natural, uma secretária de 42 anos, que mora em Campo Grande, resolveu colocar um aparelho ortodôntico. Ela contou ao G1 que trabalha em um consultório dentário e que foi o seu próprio patrão quem fez o serviço. A ideia agradou outras pacientes que também quiseram aderir à "dentadura estilizada".

O dentista afirmou que o artificio de caracterização melhorou a autoestima da funcionária. A secretária, que não quis ter o nome divulgado, afirmou que usa dentadura há vários anos para substituir os dentes superiores, mas que sempre teve vergonha de usar.

"Um dia eu vi o aparelho no consultório e pensei: bem que eu podia colocar um desses para disfarçar a dentadura. Então, eu perguntei para o meu patrão se dava para colocar o aparelho e ele respondeu que ia tentar. Fiquei muito feliz quando a vi pronta", conta.

A secretária relatou ainda que a dentadura estilizada até mudou a aparência dela. "Eu fiquei mais jovem e até o meu rosto ficou mais vistoso." Ela usou o acessório por aproximadamente um ano e deixou de usá-lo há poucos meses, quando trocou a dentadura por uma nova.

Além da dentadura, ela também colocou aparelho nos dentes inferiores, que são naturais. "Usava borrachinhas coloridas todo o mês. Quando tirei, as pessoas me perguntavam quanto tempo eu tinha usado aparelho. Elas nem perceberam que era uma dentadura", brinca a secretária.

Sem restrições
Segundo o presidente do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul (CRO-MS), Francisco Grilo, não existe nenhum tipo de impedimento para esse tipo de prática e procedimentos similares são até comuns nos consultórios odontológicos.

"O objetivo da odontologia, além da questão da saúde bucal do paciente, é melhorar a autoestima dele. Então, se ele quer deixar a prótese total que usa com ar mais natural, e pede para simular uma restauração de cárie ou mesmo deixar os dentes mais amarelados, como se tivessem sido afetados pelo fumo, isso é feito. É aplicada amálgama no caso da restauração e uma resina, no caso do fumo. É um truque, como no caso do aparelho", explica.

O presidente do CRO-MS diz ainda que na odontologia esse tipo de procedimento nas próteses tem até um nome específico, caracterização de prótese total, e que existem, inclusive, profissionais da área se dedicando quase que exclusivamente para desenvolver novos produtos para tornar cada vez mais natural o aspecto das dentaduras. "Já existe até resina para a gengiva da prótese", conclui Grilo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Inscrições abertas para seleção de bolsas PIBIC, PIBIC-AAF e PIBITI
INTERNACIONAL
Rússia começa a vacinar principais grupos de risco contra covid-19
BONITO
PMA resgata jabuti com casco dilacerado por atropelamento, periquito ferido e gambá em pousada
LIBERDADE ECONÔMICA
Projeto enviado à Assembleia garante segurança jurídica e inovação aos empresário