Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020

Secretário ameaça "beber sangue" de vereador

29 setembro 2011 - 15h00
Secretário ameaça "beber sangue" de vereador

Novanews


Um vídeo postado anonimamente no You Tube, nesta terça-feira, mostra o secretário de Saúde e de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Inovação, José Carlos Paiva Souza, mais conhecido como Tito, agredindo o produtor rural Edilson Nantes e ameaçando o vereador Vicente Lichoti (PT).

As agressões aconteceram na segunda-feira, logo depois de terminada a sessão da Câmara de Nova Andradina, em que o parlamentar sugeriu durante discurso a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a suposta participação de Tito e Umberto Canesque (Administração) em um possível esquema de desvio de dinheiro do Fundo Municipal de Saúde.

Os dois secretários foram citados em uma Certidão de Escritura Pública de Declaração registrada no Cartório de Registros Públicos de Batayporã, em que o servidor Reginaldo Fernandes Cavalcante - denunciado por depositar cheques do Fundo irregularmente na própria conta bancária - acusa Tito e Canesque de participação no suposto esquema de desvio de dinheiro público.

O vereador Vicente Lichoti já elaborou o requerimento que pede a instauração da CPI, mas precisa da assinatura de mais dois parlamentares para que o documento possa ser votado no próximo dia 03. Alguns vereadores comentaram o caso na sessão desta segunda-feira, que contou com a presença de dezenas de manifestantes que pediam a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito.


O vídeo

No vídeo estão Tito (de branco) e Lichoti (de preto) discutindo na Praça Geraldo Mattos Lima, próximo à Câmara. Logo no início da gravação é possível ouvir o secretário afirmando: "eu só não quero o seguinte, que mexam com minha família, nem com meus filhos. Eu te respeito como vereador, então você me respeita como secretário".

Em outro trecho da discussão que aconteceu a poucos metros da casa de Tito, entende-se o secretário dizendo para o vereador: "não põe teu povo pra mexer comigo, se mexer comigo vai mexer, aqui, olha, vou mostrar uma coisa para você, olha, se você mexer com o meu sangue, nós bebemos o seu", ameaçou.

A presença de um adolescente próximo à residência de Tito teria dado início à confusão, que foi parar na Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina. Segundo testemunhas, o jovem teria a intenção de pichar o muro da casa do secretário, quando o mesmo lhe abordou.

O adolescente fugiu em direção à Câmara afirmando que o secretário estava o perseguindo. O jovem esteve na Delegacia e registrou um boletim de ocorrência. Ele alegou que apenas passava pelo local falando ao celular, quando o secretário teria ido até sua direção.

Em outra parte do vídeo, Tito José pergunta a um dos assessores de Vicente o que esse jovem - que participava de uma manifestação a favor da CPI - fazia em frente da sua casa.

"Quem veio na frente da minha casa não fui eu. Eu estou na minha casa, minha casa é aqui. Eu estou há 30 metros da minha casa. Quem estava aqui na frente da minha casa era funcionário ou alguém dele [Vicente Lichoti]", disse Tito, perguntando em voz alta "quem é a gazela? [...] A gazela saiu voando daqui. Por que ele correu daqui para lá?", questionou.


Tito agride produtor


O produtor rural Edilson Nantes aparece na cena da discussão minutos depois segurando um aparelho de telefone celular. Tito pergunta se ele deseja entrar em sua casa "para tomar uma cerveja comigo, bater um papo. Você quer o quê? Quer filmar? Quer gravar?", diz o secretário.

Nantes responde afirmando que irá tirar uma foto. Nesse momento Tito agride o produtor rural com um golpe no peito. Uma das pessoas que estavam próximas da confusão retira o secretário de Saúde de Nova Andradina do local e o leva para casa.

O vereador Vicente Lichoti e o produtor rural Edilson Nantes estiveram na Delegacia de Policia Civil de Nova Andradina na tarde desta terça-feira para elaborar um boletim de ocorrência contra o secretário José Carlos Paiva Souza e registrar as ameças proferidas por Tito.

O secretário de Saúde e de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Inovação, Tito José, também esteve na Delegacia nesta terça-feira e registrou um boletim de ocorrência por "pertubação do sossego".

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 267
Polícia Militar intercepta e apreende duas caminhonetes que seriam utilizadas pelo crime organizado na região de fronteira
ECONOMIA
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
PONTA PORÃ
Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto
JUSTIÇA
Réus condenados no Tribunal do Júri têm recurso negado