Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021

Servidores da saúde fecham acordo de 6% de reajuste, mais abono salarial

09 maio 2012 - 08h36Por Assessoria
O Sintss-MS (Sindicato dos Trabalhadores da Seguridade Social de Mato Grosso do Sul) fechou acordo com o Governo do Estado, conseguindo reajuste de 6%, mais abono salarial por nível de carreira e um calendário permanente de negociação para tratar de questões de interesse da categoria, principalmente na tentativa de corrigir distorções existentes nas carreiras dos trabalhadores da saúde estadual.

Pelo acordado em reunião com o Governador do Estado e a Secretária de Administração, Thiê Iguchi, em reuniões ocorridas durante a semana, os servidores da Secretaria Estadual de Saúde, Hospital Regional, Lacen, Hemosul e municipalizados de todo o Estado, além do 6% de reajuste terão o abono escalonado nos seguintes níveis: fundamental (R$ 45,00), médio (R$ 55,00), superior (R$ 75,00), Auditor (R$ 130,00) e enfermeiro manterão os R$ 81,35 e ganharão mais R$ 68,65, totalizando R$ 150,00. O acordo beneficia mais de 2.800 servidores e teve a anuência da Associação dos Auditores de Saúde.

O reajuste concedido pelo Governo do Estado ficou aquém da reivindicação apresentada pela direção do Sintss-MS. No entanto, apresentou avanços no relacionamento com o Governo do Estado, do ponto de vista democrático, ao instituir uma Mesa Permanente de Negociação composta pela Secretaria de Saúde, SAD, PGE, junto com o Sintss-MS. Nessa serão abordados questões relacionadas a situação funcional dos servidores da Secretaria de Saúde e da Funsau. Também ficou pactuado com o governador André Puccinelli e a com a secretária de Administração, Thiê Iguchi, que a partir de agosto deste ano, haverá uma negociação antecipada da pauta de reivindicação de 2013.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Estoque do Tesouro Direto cresce 5,13% e vai para R$ 62,70 bilhões
MS
Presidente da ALEMS assume o Governo do Estado até dia 30
EDUCAÇÃO
MEC institui plataforma virtual para avaliar planos de educação
SAÚDE
MS registra 1.047 novos casos; outros 5,2 aguardam encerramento