Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021

Servidores das universidades federais vão parar na quarta-feira

23 abril 2012 - 09h06Por Assessoria
Os funcionários técnico-administrativos das universidades federais decidiram paralisar as atividades na próxima quarta-feira, dia 25 de abril e, também, nos dias 9 e 10 de maio. A categoria reivindica aumento do piso salarial, atualmente R$ 1.034,59, reajuste do auxílio-alimentação e valorização da carreira.

Segundo a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra), a falta de resultados em relação à última greve foi o principal motivo que levou a categoria a decidir por uma nova paralisação. Os servidores técnico-administrativos pedem aumento do piso salarial para um valor correspondente a três salários mínimos (cerca de R$ 1,9 mil), além de efetivar o acordo firmado em 2007 com o governo.

De acordo com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o diálogo com os representantes dos servidores é constante. As reivindicações estão sendo analisadas pelo secretário de Recursos Humanos, Sérgio Mendonça, que na próxima terça-feira (24) se reunirá com a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef).

A última greve dos servidores técnico-administrativos das universidades públicas federais ocorreu no ano passado e durou quatro meses. Durante esse período, o governo manteve a posição de não negociar com os grevistas. A paralisação foi considerada ilegal pelo Superior Tribunal de Justiça depois de ação da Advocacia-Geral da União (AGU). De acordo com o calendário da Fasubra, 30 de maio é a data-limite para cjegar a um acordo com o governo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APARECIDA DO TABOADO
Suspeito de tráfico de drogas e corrupção de menores é preso pela Polícia Civil
GERAL
Acidente de ônibus no Paraná deixa 19 mortos
Vítimas em estado grave foram levadas para hospital em Curitiba
AQUIDAUANA
Polícia Civil cumpre mandado de prisão preventiva e prende suspeito por estupro de vulnerável
EDUCAÇÃO
Edital para adesão de universidade ao 1º Sisu de 2021 é publicado