Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020

Sindicato reclama de lei que proíbe uso do celular em bancos em MS

Sindicato reclama de lei que proíbe uso do celular em bancos em MS

17 janeiro 2012 - 16h42Por G1
Uma lei que entrou em vigor em novembro de 2011 proibiu o uso de celulares dentro das agências bancárias de Mato Grosso do Sul. No entanto, segundo o Sindicato dos Bancários de Campo Grande, a norma não estabelece que órgão tem a obrigação de fiscalizar o uso dos aparelhos e isso dificulta seu cumprimento.

De acordo com a presidente do sindicato, Iaci Azamor Torres, a responsabilidade pela fiscalização é apenas um dos itens que precisam ser esclarecidos para tornar a medida eficiente.

“Ela [a lei] não tem um esclarecimento de como será aplicada, qual a sanção, quem vai aplicar, quem vai fiscalizar. O Sindicato vai cumprir seu papel de não deixar que os bancários sejam envolvidos de forma indevida na aplicação dessa lei”.

Iaci afirma ainda que a proibição imposta pela lei se estende em instituições assemelhadas aos bancos. Segundo ela, isso significa que as regras valem para todos os locais que fazem transações bancárias, como lotéricas, bancas de revista e supermercados.

O delegado Fabiano Nagata, da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), acredita que, com ou sem lei, o que vale para evitar um assalto é a intenção e cuidados que o próprio cliente deve tomar.

“Manter o sigilo desses saques, não ficar andando com envelopes na mão dentro da agência para não despertar a atenção de pessoas que estão observando para pegar o dinheiro lá na frente [do banco]”, afirma. .

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Passageiros serão indenizados após falha em realocação da companhia aérea
SAÚDE
Covid-19: ocupação de leitos na rede privada cai para 57% em agosto
ECONOMIA
Dólar fecha em forte alta com incerteza fiscal no radar
FALSO FRETE
Polícia Civil recupera veículo roubado em Dourados