Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021

Dois suspeitos foram presos pela PM na região da saída para Sidrolândia.

13 julho 2012 - 15h00
G1 MS

Um taxista de 37 anos foi morto com duas facadas no pescoço, na madrugada desta sexta-feira (13), em Campo Grande. Segundo a Polícia Militar, o corpo foi encontrado em uma estrada vicinal, na saída para Sidrolândia. Dois homens, de 21 e 23 anos, foram presos, um deles, com o táxi da vítima. Os homens negam envolvimento no crime. A polícia procura por mais dois suspeitos.

Segundo a polícia, o taxista trabalha em um ponto na Estação Rodoviária de Campo Grande. Por volta das 6 horas (horário de MS), ele recebeu uma chamada, feita por um telefone público, para uma corrida, em que deveria pegar os passageiros na avenida Guaicurus e levar até Sidrolândia, a 70 km de Campo Grande.

No percurso, segundo a Polícia Militar, os homens teriam enforcado a vítima e o atingido com as facadas na região do pescoço. Os suspeitos fugiram levando o carro e pertences do taxista. Após perder contato com o taxista, a central da empresa acionou a PM. Viaturas militares e taxistas percorreram a região onde o veículo estaria.

Uma equipe da PM e um taxista encontraram o veículo que havia sido roubado. Os militares abordaram o carro que estava sendo conduzido por um jovem de 21 anos, que chegou a dizer que era taxista. Inicialmente, o rapaz se recusava a sair do carro e, depois, quando os PMs viram o interior do veículo, encontraram as marcas de sangue.

Ainda em buscas pela região foi encontrado um rapaz de 23 anos que também participou do roubo. A faca que teria sido usada no crime foi encontrada no trajeto, perto da estrada vicinal.

Segundo a polícia, o rapaz de 21 anos estava com o telefone celular e dinheiro da vítima. Os dois dois não confessaram o crime para a Polícia Militar. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga.

Os dois jovens de acordo com a polícia tem registro de ocorrência por roubo, tráfico e porte de arma. Segundo a PM, outros dois homens também estariam envolvidos no latrocínio e ainda estão sendo procurados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil
SAÚDE
Covid-19: Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac
CIDADES
Prorrogado por mais 15 dias o toque de recolher no MS