Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020

TCE/MS e Escoex firmam convênio com Conselho Regional de Contabilidade para curso de extensão

TCE/MS e Escoex firmam convênio com Conselho Regional de Contabilidade para curso de extensão

24 novembro 2011 - 17h30
Divulgação (TP)

O Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE/MS), Cícero Antônio de Souza, juntamente com o diretor geral da Escoex, conselheiro Iran Coelho das Neves; o presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso do Sul (CRC/MS), Carlos Rubens de Oliveira e o professor mestre Adelino Meneguzzo se reuniram nesta quarta-feira (23.11) para firmarem o convênio para a realização do Curso de Extensão ao Processo Multiplicador das inovações, a partir das Novas Normas de Contabilidade voltadas para o Setor Público.

Serão sete oficinas de estudo para percepção e operacionalização das práticas orientadas pelas Novas Normas de Contabilidade voltadas para o Setor Público sob a coordenação do Contador e Conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade, professor mestre Adelino Meneguzzo, que também é multiplicador do sistema CFC/CRCs para o Estado.

A entrada em vigor da aplicabilidade para o Estado será a partir de janeiro de 2012 e para os munícipios a partir de janeiro de 2013. Segundo o Coordenador da Escoex, Jorge de Oliveira Martins, “é muito importante essa parceria para o TCE/MS e o CRC/MS, pois, estamos nos preparando para acompanhar as mudanças que irão acontecer em 2012”.

O conselheiro e diretor geral da Escoex, Iran Coelho, ressalta que o curso terá custo zero para o TCE/MS. Segundo ele “o TCE/MS entra com a logística e com o espaço físico para os cursos, que serão de grande valia para o TCE/MS, porque é melhor evitar o erro do que corrigi-lo depois”.

O presidente do TCE/MS Cícero de Souza, disse que ainda quer fazer muitos convênios com outros órgãos. “O TCE/MS tem que estar sempre atualizado, nós temos essa necessidade, pois, precisamos da informação precisa e correta”.

O curso de extensão será gratuito para seus participantes, ministrado pelo conselheiro multiplicador do CRC e professor mestre Adelino Meneguzzo, no entanto eles terão obrigação de serem multiplicadores na sua região, por um período de sete meses, com uma frequência mensal de seis horas, o que equivalerá a 42 horas/aula, em forma de tutoria, nos futuros meios de capacitação e formação.

O presidente do CRC/MS, Carlos Rubens de Oliveira, agradeceu a parceria e parabenizou o TCE/MS pela estrutura. Segundo ele, “os contadores públicos devem estar atualizados, por isso vamos fazer esse laboratório e ver o resultado da experiência”.

Serão 15 vagas para o TCE/MS e os participantes serão indicados pelo Departamento de Gestão de Pessoas, dentre os contabilistas que formam o quadro funcional da Corte de Contas, Participam ainda do curso os contabilistas servidores públicos dos munícipios e do Estado que concluíram os módulos do curso de formação de multiplicadores ou que estiveram inscritos.

Bruna Galina

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Acusação indevida de assédio moral gera indenização
PONTA PORÃ
Caminhões com 120 bovinos trazidos ilegalmente do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
MEIO AMBIENTE
Infratora é autuada em R$ 56 mil por incêndio em madeira que se alastrou para pastagem
COMBUSTÍVEIS
ANP realiza mais de 7,4 mil fiscalizações no semestre