Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Torcida hostiliza gringos na pesagem e mostra clima do UFC Rio

27 agosto 2011 - 08h10Por Fonte: Matéria
Anderson evita polêmica

A torcida brasileira mostrou nesta sexta-feira um pouco do que os lutadores estrangeiros sofrerão sábado, no UFC Rio. A pesagem oficial do evento contou com centenas de convidados na HSBC Arena, e os brasileiros desde cedo mostraram seu apoio aos brasileiros e hostilizaram os “gringos” a todo momento. Já Anderson Silva, que vem de uma pesagem em que entrou mascarado para encarar Vitor Belfort, manteve a postura de respeito vista nos outros dias em relação ao desafiante.

Anderson, campeão dos médios, fará a luta principal da noite contra o japonês Yushin Okami e, mesmo vestido com uniforme do Corinthians, foi ovacionado pelas centenas de presentes na HSBC Arena. Já o nipônico sofreu com as vaias e os gritos de “vai morrer”.

“Obrigado por esse apoio, espero que todos estejam aqui comemorando amanhã. Estou feliz em participar deste evento, e tenho certeza que amanhã vai dar Brasil”, afirmou Anderson Silva, da categoria até 84 kg.

Todos os lutadores conseguiram atingir o limite de suas categorias, ficando assim aptos a competir no sábado.

A hostilidade aos estrangeiros se repetiu em todos os casos. Logo nos primeiros a subirem na balança, os convidados presentes fizeram as “honras da casa”, com sonoras vaias, a exemplo do que se viu com o integrante do Bope Paulo Thiago contra David Mitchell, e com Toquinho, ovacionado.

O clima esquentou com a entrada dos lutadores do card principal, com Minotauro e Brendan Schaub, da categoria pesado. Se algumas encaradas no início do evento mostraram "sangue nos olhos", no caso de Maurício Shogun e Forrest Griffin, dois ex-campeões dos meio-pesados, o norte-americano ficou afastado e nem fez a pose tradicional, com os punhos cerrados.

Para receber a pesagem, a arena que será palco das lutas deste sábado teve montada uma estrutura em um dos seus cantos. Com um pano preto, o centro do ginásio, local do octógono, ficou escondido dos presentes, sendo que a arquibancada foi tomada pelo público, formado apenas por pessoas que ganharam convites para acompanhar o evento pré-UFC Rio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher foragida da Justiça acaba presa em Aparecida do Taboado
SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19