Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
OPORTUNIDADE

Aberto edital com bolsas de R$ 1.3 mil para estudantes de nível médio técnico

09 outubro 2019 - 10h30Por Governo de MS e Fundect

Publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de terça-feira (8.10) o edital FUNDECT/UFMS/CNPGC/PMCG N° 16/2019 – AGROESCOLA –  Seleção Pública de Estudantes para o Programa de Transferência de Tecnologia e Capacitação em Pecuária de Corte.

A Chamada prevê a concessão de até 12 bolsas de R$ 1.300,00 por um período de 12 meses, para estudantes que tenham concluído, em escolas públicas ou privadas, curso técnico de nível médio articulado ou subsequente em agropecuária, agricultura, zootecnia e áreas afins. Entre os critérios de elegibilidade constantes no Edital, constam também a idade mínima de 18 anos e a necessidade do candidato (a) residir em Campo Grande (MS) durante os 12 meses de vigência da bolsa.

As inscrições são gratuitas e deverão ser efetuadas por meio do sistema SigFundect (www.fundect.ms.gov.br) até o dia 07 de novembro de 2019. A realização das provas objetivas e redação está marcada para o dia 25 de novembro de 2019 em Campo Grande, e o local será divulgado posteriormente.

O Edital com todas as informações pode ser acessado no site da Fundect (www.fundect.ms.gov.br) no campo “Editais Abertos Nacionais”.

O Programa

A seleção tem como objetivo selecionar 12 candidatos a participarem da formação e transferência de conhecimentos e tecnologias com vistas à formação de multiplicadores de tecnologia em pecuária de corte, em consonância com os projetos de pesquisa “Plataforma + Precoce: sistemas melhorados para a produção de novilho precoce”, tendo como amparo a prática da Ciência, Tecnologia e Inovação aplicada à agropecuária.

O Programa Agroescola é uma parceria entre o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Semagro e Fundect, com a Embrapa Gado de Corte, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Prefeitura Municipal de Campo Grande.

O projeto terá duração de no máximo 12 meses, improrrogáveis, e será acompanhado por pesquisadores da Embrapa Gado de Corte em Campo Grande. As atividades práticas serão realizadas nas dependências da Fazenda Sede e da Fazenda Modelo, ambas pertencentes à Embrapa Gado de Corte e localizadas nos municípios de Campo Grande e Terenos. O projeto será executado em 08 (oito) horas diárias, das 7h30 às 16h30, com intervalo de 1 hora, totalizando 40 horas semanais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEMBLEIA
Semana Estadual dos Direitos Humanos pode ser criada em MS
FERIADO
Coleta de lixo será suspensa no dia da Proclamação da República
ESPORTES
Fluminense tem seis decisões para escapar do rebaixamento
Tricolor ainda não sabe quem substituirá goleiro Muriel
CINEMA
Fernanda Montenegro descarta papel no filme 'Animais Fantásticos'