Menu
Busca segunda, 22 de julho de 2019
ESPORTE

Aquidauanense vence e garante vaga na primeira divisão em 2019

26 novembro 2018 - 16h35Por Da Redação

O Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul de 2019 tem mais um participante definido, a Aquidauanense, que no sábado (24/11), na penúltima rodada da Série B, venceu o Serc Chapadão por 2 a 1, em confronto direto pela vaga disputado no Estádio Laertão, em Costa Rica.

O gol do acesso veio de forma emocionante, aos 44 minutos do segundo tempo, com um jogador a menos.

No outro jogo da rodada, o Maracaju venceu de virada a Moreninhas por 2 a 1, no Loucão, e ficou próximo de confirmar a segunda vaga disponível. 

A Aquidauanense lidera com nove pontos contra sete do Maracaju e quatro da Serc.

Aquidauanense e Maracaju brigam pelo título e se enfrentam no Noroeste, enquanto Maracaju e Serc brigam pelo acesso. Moreninhas e Coxim com um ponto, estão eliminados.

Para ficar com o título inédito, a Aquidauanense precisa empatar com o Maracaju. O empate dá o acesso ao MAC que só será bicampeão da Série B se vencer o jogo.

Para a Serc conquistar o acesso, precisa vencer o Coxim, torcer por derrota do Maracaju e tirar saldo de quatro gols.

Caso a Serc vença por 3 a 0 e o Maracaju perca por 3 a 2, as equipes estarão empatadas rigorosamente em todos os critérios e um novo jogo entre Maracaju x Serc deverá ocorrer.

Havendo esta combinação, as equipes terão sete pontos, duas vitórias cada, três gols de saldo, oito gols marcados e empataram o confronto direto que tiveram em 1 a 1 no Loucão.

Conforme prevê o artigo 16 da competição, se isso acontecer, haverá a realização de uma partida de desempate. A última rodada está marcada para o dia 1º de dezembro às 16h.

As informações são do Correio do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que não há constrangimento em visitar a Bahia
EDUCAÇÃO
Justiça manda Estado manter escolas de ensino médio
BRASIL
Número de pacientes com hepatite cresce 20% em 10 anos no Brasil
PRIVATIZAÇÃO
Projeto de concessão da MS-306 segue para consulta pública