Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021

Cascas e sementes: benefícios, como consumir

14 agosto 2012 - 00h00Por Fonte: G1
São poucas as pessoas que consomem as cascas dos alimentos, porém elas possuem muitos benefícios para a saúde. É nessa parte que encontramos a maior parte das vitaminas e nutrientes. Veja algumas cascas e suas propriedades:

1. Abacaxi: a casca do abacaxi é rica em água e fibras. Possui vitaminas A, B1 e C, sendo a vitamina C em maiores quantidades que na polpa. Ela ainda possui em sua composição enzimas de clorofila que proporcionam sensação de saciedade, auxiliando no emagrecimento.

Dicas de consumo: a casca pode ser aproveitada através de chá com folha de carqueja, auxiliando no emagrecimento. Pode, também, ser usada no suco de abacaxi com hortelã, sem dispensar a casca.

2. Banana: a banana possui em sua casca grandes quantidades de vitaminas A, C e B e ainda uma rica quantidade de fibras e potássio. Ela ajuda no controle do apetite e perda de peso.

Dicas de consumo: a casca da banana pode ser transformada em farinha, farofa, geleia e até ingrediente para bolo. A casca deve ser torrada e moída para que vire farinha e assim pode ser consumida junto aos demais alimentos.

3. Maracujá: além dos benefícios calmantes da fruta, a casca possui uma substância conhecida como pectina, que auxilia na redução dos níveis de colesterol sanguíneo. A parte branca da casca é onde fica mais concentrada essa sustância.

Dicas de consumo: a forma mais indicada de consumo é a farinha. Para fazer essa transformação é necessário assar a casca por aproximadamente 40 minutos e em seguida batê-la no liquidificador. A farinha pode ser consumida junto a saladas, sopas, iogurtes e shakes.


A casca de marcujá auxilia no controle do colesterol.
Veja também receita de bolo com cascas de frutas

Benefícios das sementes e dicas de consumo

As sementes são alimentos que além de possuirem muitos nutrientes, proporcionam diversos benefícios à saúde, como prevenir e tratar doenças. Confira algumas sementes:

1. Semente de abóbora: é rica em potássio, fósforos, fibras, cálcio, magnésio e vitaminas A, b3 e E. São muito eficazes no tratamento e controle da pressão arterial e prevenção do envelhecimento.

Dicas de consumo: essas sementes podem ser consumidas juntamente com a abóbora refogada, em doces e até como farinha. Para fazer a farinha basta torrar a semente e triturar no liquidificador. A farinha pode ser adicionada nas refeições.

2. Gergelim: excelente fonte de cálcio, ferro, vitaminas B e fósforo. São ótimas para funcionamento do intestino e prevenção de hemorróidas.

Dicas de consumo: pode ser consumida integral junto aos alimentos como leite, iogurte, frutas e até nas refeições como almoço e janta.

3. Linhaça: rica em carboidratos, fibras, proteínas, ômega 3 e ômega 6. Auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares, perda de peso e são excelentes para a beleza da pele.

Dicas de consumo: a farinha e o grão integral são as formas mais consumidas. Elas podem ser adicionadas na fabricação de alimentos como pães e bolos. A linhaça pode ser consumida também com iogurtes e shakes.

4. Quinoa: fonte de carboidratos, vitaminas, proteínas, minerais, cálcio, fibras e aminoácidos essenciais para o bom funcionamento do organismo. Essa semente é importante para absorção de cálcio nos ossos, desempenho da memória e reflexos.

Dicas de consumo: a quinoa pode ser transformada em farinha e também consumida em grão inteiro. São excelentes para a fabricação de pães e bolos integrais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Pazuello: embarque de vacinas da Índia deve ter solução esta semana
POLÍCIA
Veículos com cigarros e agrotóxicos contrabandeados do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
CORONAVÍRUS
Vacina chega a Mato Grosso do Sul e distribuição aos municípios começa ainda hoje
ECONOMIA
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras