Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020

Ceni, mil jogos e um sonho: 'Eu gostaria que o São Paulo fosse meu'

06 setembro 2011 - 13h15
Ceni, mil jogos e um sonho: 'Eu gostaria que o São Paulo fosse meu'

Globoesporte

Um sujeito consagrado, uma máquina de conquistar títulos e alcançar recordes. Chamado de “mito” pela torcida, Rogério Ceni completará, nesta quarta-feira, 21 anos de um dos mais bem sucedidos casamentos da história do futebol brasileiro. E quis o destino que, para que a data ficasse ainda mais especial, ele chegasse à incrível marca de 1.000 jogos pelo São Paulo, algo impensado naquele 7 de setembro de 1990, quando, com 17 anos e vindo de Sinop (MT), apareceu no CT da Barra Funda para realizar um teste no Tricolor.

Para se ter uma ideia do que representa o feito, somente dois jogadores na história do futebol brasileiro atingiram tal marca: Pelé (1.114 partidas pelo Santos) e Roberto Dinamite (1.065 pelo Vasco). Mas o que realmente impressiona nesse paranaense de Pato Branco (PR) não são apenas as conquistas. E sim a maneira como ainda encara a carreira. Profissional ao extremo, é sempre o primeiro a chegar no campo e o último a sair do CT. Capitão há 757 jogos, ainda encontra palavras para mexer com o grupo na hora da preleção, como fez na partida de sábado, contra o Figueirense. E mesmo prestes a completar o seu milésimo jogo, é capaz de dizer:

- Para mim, não tem festa na quarta-feira. Vou entrar em campo para trabalhar. Afinal, é um jogo que pode nos dar a liderança do Campeonato Brasileiro.

Esse é Rogério Ceni, que, em entrevista exclusiva ao GLOBOESPORTE.COM, faz um balanço de sua carreira, lembra das vitórias, das frustrações e confessa um sonho totalmente utópico:

- Eu gostaria que o São Paulo fosse meu.

É o amor pelo clube que o faz pensar se vale a pena encerrar a carreira no fim do ano que vem, quando termina seu contrato. Ceni diz que, em um ano, vai decidir se abandonará mesmo os gramados em dezembro de 2012. Se isso acontecer, ele já tem o script perfeito: com mais um título da Taça Libertadores da América.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia
Pesquisa mostra que tensão entre os presos é um dos motivos
SAÚDE
MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
TRÊS LAGOAS
Polícia Militar Ambiental captura jiboia em condomínio
NOTÍCIAS
Paraguai prevê reabertura de lojas da fronteira em setembro
Ministro de Relações Exteriores diz que conversa está avançada com governo brasileiro