Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021

Com motocicleta ambulância, Samu agiliza atendimentos em Dourados

05 setembro 2012 - 00h00Por Fonte: Diário Ms
Mesmo em fase de adaptação, o Samu (Serviço Móvel de Urgência) começou a prestar atendimento também com motocicleta em Dourados. Mais um suporte para a população, o serviço oferece agilidade e rapidez em situações onde não há necessidade da intervenção de uma UTI móvel.

A motocicleta ambulância é conduzida por um profissional de nível técnico ou superior em enfermagem, com treinamento específico para esse tipo atendimento e de veículo. Nesta fase de adaptação, o serviço está sendo oferecido apenas nos finais de semana.

A intervenção de moto ocorre em casos de pessoas que estão em situação de rua, deitadas nas calçadas, sem qualquer diagnóstico. Pela facilidade no deslocamento, a motolância pode eventualmente ser utilizada também para prestar socorro em alguns casos de acidentes.

Josiane França Peralta, do Núcleo de Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde, informou que a unidade do Samu esta situada atualmente na Avenida Hayel Bon Faker, em um imóvel que atende as necessidades de cada grupo de trabalho, dentro de suas características.

O Samu é constituído por médicos, enfermeiros, telefonistas, auxiliares e rádio-operadores capacitados em regulação dos chamados telefônicos que demandam orientação ou atendimento de urgência. Conforme explicou Josiane, são eles que fazem a classificação de prioridades e de destino de cada caso.

Em Dourados são em média 4.500 chamados atendidos pelo Samu por mês, contando informações aos usuários, orientações médicas pelo 192, regulação médica para os serviços de saúde, ocorrências e os trotes. Dados da Secretaria de Saúde mostram ainda que a demanda de ocorrência continua crescente, principalmente em casos de emergências clínicas.
Trotes

Apesar da importância do serviço para atendimento de urgência e emergência, o Samu sofre com os trotes. O número de chamadas para atendimentos inexistentes ou para simples brincadeira de mau gosto representa quase três vezes o total de chamadas verídicas.

No ano passado, após o registro de 12.678 trotes no primeiro semestre, o Serviço Móvel de Urgência iniciou em dez escolas da cidade o Projeto Samuzinho, desenvolvido para conscientizar os jovens e crianças sobre a importância do serviço.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
FCO inicia ano com aprovação de R$ 298 milhões para financiamentos na primeira reunião de 2021
TJMS
4ª Câmara Cível não reconhece união estável post mortem
ECONOMIA
Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
SAÚDE
MS volta a registrar mais de mil novos casos de coronavírus em 24 horas