Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021

Depois de 21 anos pai e filho se reencontram em Maracaju

17 agosto 2011 - 15h50Por Tudo do MS

Depois de 21 anos pai e filho se reencontram em Maracaju

Alex Cabreira Martinez, 22 anos, foi adotado após a separação dos pais biológicos, quando tinha um ano de idade, pelo casal morador de Maracaju, José Leonor, 58 anos, e Maria de Lourdes, 58 anos, casados há 39 anos e hoje preparou encontro do filho com pai biológico, Carlos Santiago Martins, que foi localizado na cidade de Juti.

O casal Maria de Lourdes e José Leonor, contou que, depois da adoção, nunca mais Alex teve contato com o pai biológico, mas nunca esconderam do filho a adoção. Passados 21 anos, José Leonor relatou que percebeu que o filho passou a fazer perguntas e demonstrou vontade em conhecer o pai biológico.

“Meu filho já tem 22 anos e quando o adotei tinha um ano de idade. Do ano passado para cá percebi que ele estava aflito e gostaria de saber onde encontrar o pai, mas só agora, 21 anos depois, o encontro vai ser possível. Deus preparou este encontro. Foi através do patrão do meu filho que localizamos o Carlos”, contou José Leonor.

Edson Nunes, o patrão de Alex, conseguiu localizar Carlos através de uma busca na internet e encontrou dois endereços, um na cidade de Dourados e outro na cidade de Juti. Da mesma maneira foi localizada a mãe biológica de Alex, que acabou por confirmar a localização do pai. Para marcar o reencontro, a família promoveu um churrasco na manhã deste domingo, Dia dos Pais

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANAURILÂNDIA
PMA autua paranaense por construir estrada sem autorização ambiental em seu sítio no município
FRONTEIRA
Moradora acorda com barulho e encontra janelas 'furadas de bala'
BOLETIM COVID
Já faltam leitos nos hospitais da macrorregião de Campo Grande
POLÍCIA
Briga entre vizinhos termina em ameaça e homem preso com revólver