Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
DIÁRIO OFICIAL

Detran dá ultimato para donos de 1.262 veículos apreendidos

15 janeiro 2020 - 12h30Por Correio do Estado

Donos de 1.262 veículos que estão apreendidos em pátios do Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) têm dez dias para regularizar a situação de seus carros e fazer o pagamento dos encargos devidos ao órgão, sob pena de que essas motocicletas e carros sejam colocados para leilão.

A publicação foi feita no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15). Conforme o texto de aviso, caso os veículos postas a leilão sejam vendidos por valor menor que o do dividendo de seu proprietário, os responsáveis serão cobrados de forma judicial pelo valor restante. “Comunicamos que os veículos abaixo descritos poderão ser levados a qualquer modalidade de Leilão, ou seja, para desmontagem, reciclagem ou circulação”, diz trecho do documento.

Os carros estão no pátio das agências dos municípios de: Dourados (1.123), Maracaju (42), Água Clara (3), Anaurilândia (8), Antônio João (2), Terenos (3), Miranda (2), Costa Rica (36), Sonora (3), Rio Negro (13), Rio Verde (21) e Rochedo (6).

Os proprietários citados e que se interessarem em resolver a situação devem ir até o pátio das agências de transporte do município, dentro do prazo informado, que começou a conta a partir desta quarta-feira, para regularizar os pagamentos e retirar o veículo. Além das multas e eventual atraso na documentação dos veículos, as motocicletas e carros que estão no pátio dos órgãos pagam diária para o tempo que permanecer no local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Passageiro de ônibus que seguia com maconha para Campo Grande foi preso pelo DOF durante a Operação Hórus
ESTADO
MS é o segundo Estado a emitir Certificado de Inspeção Sanitária por meio eletrônico
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia Militar Rodoviária localiza “mocó” em caminhonete e apreende 138 kg de drogas que seriam traficadas para SP
MS
Aglomerações e festas clandestinas favorecem transmissão da Covid, e MS já tem 77 óbitos só em julho