Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021

Em MS, TRE barrou 5 candidatos a prefeito e julga outros 28 processos nesta semana

11 setembro 2012 - 00h00Por Fonte: Assessoria
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) intensificou os trabalhos em agosto para julgar pedidos de registro de candidaturas a prefeito e a vereador. Em 17 sessões, do dia primeiro de agosto a cinco de setembro, foram julgados aproximadamente 472 processos, restando cerca de 28 para serem analisados pela Corte nas próximas sessões desta segunda e terça-feira (10 e 11). Até agora, o pleno acolheu cinco pedidos de impugnação de candidatos a prefeito.

De acordo com o presidente do TRE, desembargador Josué de Oliveira, neste ano, o número de recursos foi bastante elevado diante da validação da Lei da Ficha Limpa, que ampliou as situações de inelegibilidade. “A quantidade de processos foi superior em relação à última eleição municipal de 2008”, disse. Naquele ano, o tribunal julgou 244 recursos.

Dos 29 recursos, cinco candidatos a prefeito tiveram seus registros indeferidos pelo TRE: Djalma Lucas Furquim (PDT), de Aparecida do Taboado; João Alfredo Danieze (PHS), de Ribas do Rio Pardo; Jair Boni Cogo (PSDB), de Cassilândia; Luiz Carlos Simões (PDT), de Sonora; e Geraldo Alves Marques (PDT), de Bonito. Das decisões, ainda cabem recursos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os demais processos apreciados referem-se a candidaturas a vereador.

Os motivos dos processos julgados pelo tribunal foram diversos, relacionados principalmente à aplicação da Lei da Ficha Limpa, envolvendo contas reprovadas pelo Tribunal de Contas; prazo de desincompatibilização; irregularidades nas filiações partidárias, dentre outros.

(Com assessoria do TRE)

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
FCO inicia ano com aprovação de R$ 298 milhões para financiamentos na primeira reunião de 2021
TJMS
4ª Câmara Cível não reconhece união estável post mortem
ECONOMIA
Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
SAÚDE
MS volta a registrar mais de mil novos casos de coronavírus em 24 horas