Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
FRONTEIRA

Ex-gerente do BCN condenado a 132 anos de prisão é executado

13 setembro 2019 - 09h00Por Dourados News

O empresário e ex-gerente do banco BCN em Ponta Porã, Elesbão Lopes Carvalho Filho foi executado a tiros no início da noite desta quinta-feira, dia 12 de setembro, quando estava na residência dele, localizada no Bairro Santa Izabel, em Ponta Porã, cidade localizada na fronteira com o Paraguai.

Segundo o site Campo Grande News, policiais militares, peritos e a Polícia Civil estiveram na residência, mas ainda não há mais detalhes sobre o caso. As informações iniciais são de que o criminoso invadiu o imóvel, atirou na cabeça do empresário e fugiu em seguida.

Elesbão era proprietário de uma casa de embalagens na cidade, mas já havia até sido condenado a 132 anos de prisão pelo então juiz federal Odilon de Oliveira, em 2004. De 1992 a 1997 Elesbão autorizou aberturas de contas em nomes de fantasmas ou laranjas na agência do BCN em Ponta Porã.

Foram 29 contas abertas, pelas quais passaram R$ 3 bilhões. Os desvios vieram a tona em grandes escândalos de corrupção no país, mas os verdadeiros donos das contas não foram descobertos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APREENSÃO
Carga de agrotóxicos pesou 2,4 toneladas; valor é avaliado em R$ 1,9 milhão
POLÍCIA
Após matar amigo com golpes de machado pediu para vizinhos chamarem a polícia
DOURADOS
Mulher é trancada em quarto e tem dinheiro roubado: 'Minha intenção não é te estuprar; quero suas coisas'
Ela também teve as mãos amarradas.
NA CAPITAL
Homem é morto com vários golpes de faca ao lado de mercearia em MS