Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
SAÚDE

Ministério autoriza e Santa Casa volta a fazer transplantes de coração

14 maio 2019 - 10h30Por Da Redação com informações do CGNews

Seis anos depois de ser descredenciada, a Santa Casa de Campo Grande vai voltar a fazer captação e transplantes de coração. A autorização do Ministério da Saúde, pela Portaria nº 560, é do dia 8 de maio e os procedimentos podem ocorrer a qualquer momento, basta que apareça doador compatível para pacientes que aguardam a cirurgia.

Em 2013, quando a Santa Casa perdeu a credencial, Mato Grosso do Sul tinha 14 pacientes esperando por um novo coração. A fichas serão revisadas. “Vamos começar a fila do zero agora, porque aquela não existe mais. Pacientes morreram, entraram em filas de outros estados, conseguiram o transplante. Também vamos incluir pacientes que foram recebendo a indicação do médico para transplante de coração”, explica Claire Miozzo, chefe da CET-MS (Central de Transplantes de Mato Grosso do Sul).

Só em 2018, oito corações foram captados na Santa Casa. Todos foram enviados para outros estados. O último transplante de coração realizado no maior hospital de Mato Grosso do Sul foi no ano que a instituição foi descredenciada pelo ministério.

Estrutura - Para o novo credenciamento, a Santa Casa teve que investir numa sala cirúrgica especial e em uma nova UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para o pós-operatório dos transplantados. Conforme divulgou a assessoria de imprensa do hospital estes ambientes foram equipados com aparelhos modernos e muito específicos como, por exemplo, condicionador de ar com pressão positiva e filtros especiais.

Hoje, a Santa Casa faz transplantes de rins e córneas. Ainda neste ano, a instituição pretende se credenciar para fazer procedimentos de fígado e medula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
NOVA ANDRADINA
Ciclista morre após ter a cabeça esmagada por carreta
MATO GROSSO DO SUL
Governador nomeia Fábio Rombi Defensor Público-Geral do Estado