Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
GERAL

Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19

09 agosto 2020 - 16h00Por Agência Brasil

A missa do Dia dos Pais, celebrada hoje (9) pelo arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, aos pés do Cristo Redentor, na Floresta da Tijuca, homenageou os mais de 100 mil mortos pela covid-19 no Brasil. O país atingiu a marca ontem (8), segundo os dados oficiais do Ministério da Saúde. O número de pessoas contaminadas passou de 3 milhões.

Na abertura do evento, que não teve a participação de fiéis, mas foi transmitida ao vivo pelo canal no Youtube da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Orani Tempesta, lembrou as vítimas da covid-19 e a responsabilidade que cabe a cada um com relação à pandemia.

“Embora tenhamos milhares de pessoas falecidas e milhões de pessoas contaminadas, nós rezamos especialmente para cada vida, sabendo que cada um tem uma história. Embora tenhamos chegado também no Brasil a 100 mil mortos e 3 milhões de contaminados, queremos estar realmente com essa esperança e com essa confiança de que cada um é importante. E que também cada um de nós tenha responsabilidade da ação e das atitudes em nosso país e no mundo”.

O padre Omar Raposo, reitor do Santuário do Cristo Redentor, lembrou também a morte ontem (8) do bispo emérito de São Félix do Araguaia, em Mato Grosso, dom Pedro Casaldáliga, e as vítimas da explosão de terça-feira (4) na região portuária de Beirute, no Líbano, que matou pelo menos 150 pessoas, feriu 6 mil  e deixou 300 mil desabrigadas. Ainda há desaparecidos.

Ao final da celebração, foi lançado o vídeo da campanha Para Cada Vida, com um poema de autoria do cardeal, poeta e teólogo português José Tolentino Mendonça, interpretado pelo ator Tony Ramos. O objetivo é “tocar os corações dos brasileiros com palavras de esperança e solidariedade e, por meio delas, trazer luz aos dias que estão por vir”, segundo a arquidiocese.

Luto na Alerj

Na noite de ontem (9), a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) decretou luto oficial em respeito à memória das vítimas de covid-19, com as bandeiras da fachada do Palácio Tiradentes hasteadas a meio-mastro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Caçador é preso por abater animal em extinção em MS
REGIÃO
Jovem tenta entregar droga para interno em hospital e é presa
OPORTUNIDADE
Inscrições para 1520 vagas em cursos técnicos começam na segunda-feira
MAUS TRATOS
Idosa de 71 anos mantinha cachorros amarrados, doentes e com pouco alimento