Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
Alerta

Morador de MS recebe pacote de sementes da China por correio e governo emite alerta para riscos

19 setembro 2020 - 08h00Por G1 MS

A Superintendência Federal de Agricultura (SFA) apreendeu um pacote com sementes que vieram da China e chegou até a casa de um morador de Campo Grande por meio do correio na última quarta-feira (16). Conforme o Ministério da Agricultura (MAPA), o próprio destinatário acionou o órgão que afirmou ser esta a primeira apreensão em Mato Grosso do Sul. Outros moradores da região sul do Brasil também receberam sementes oriundas da Ásia sem ter solicitado o produto.

O superintendente da SFA, Celso Martins, disse que em nestes casos a semente de origem estrangeira ou desconhecida não deve ser manuseada e nem plantada, já que não se conhece a espécie. Em relação as que chegaram a casa do morador de Campo Grande, ele acredita, pelas fotos que viu, que não se tratam de variedades comestíveis e sim venenosas.

"É a mesma coisa com relação as pragas, patógenos que são fungos, bactérias e vírus que podem estar contaminando essas sementes e que poderiam multiplicadas no plantio. Esses patógenos correm o risco de serem transmitidos para o meio ambiente", explicou.

Ainda na última quarta-feira, moradores de Santa Catarina também receberam pacotes com sementes misteriosas semelhantes ao que chegou em Campo Grande.

Ainda de acordo com o órgão, a orientação é para que os envelopes não sejam abertos, muito menos as sementes plantadas. Como chegaram no Brasil sem passar por nenhum tipo de inspeção, podem representar riscos à saúde e aos meio ambiente:

O telefone do Ministério da Agricultura, para mais informações em Mato Grosso do Sul, é 67 3041-9319.

A Superintendência Federal de Agricultura (SFA) apreendeu um pacote com sementes que vieram da China e chegou até a casa de um morador de Campo Grande por meio do correio na última quarta-feira (16). Conforme o Ministério da Agricultura (MAPA), o próprio destinatário acionou o órgão que afirmou ser esta a primeira apreensão em Mato Grosso do Sul. Outros moradores da região sul do Brasil também receberam sementes oriundas da Ásia sem ter solicitado o produto.

O superintendente da SFA, Celso Martins, disse que em nestes casos a semente de origem estrangeira ou desconhecida não deve ser manuseada e nem plantada, já que não se conhece a espécie. Em relação as que chegaram a casa do morador de Campo Grande, ele acredita, pelas fotos que viu, que não se tratam de variedades comestíveis e sim venenosas.

"É a mesma coisa com relação as pragas, patógenos que são fungos, bactérias e vírus que podem estar contaminando essas sementes e que poderiam multiplicadas no plantio. Esses patógenos correm o risco de serem transmitidos para o meio ambiente", explicou.

Ainda na última quarta-feira, moradores de Santa Catarina também receberam pacotes com sementes misteriosas semelhantes ao que chegou em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Bolsonaro participa da abertura de fórum econômico com países árabes
JUSTIÇA
TSE rebate notícias falsas sobre urna de 2018 que voltaram a circular
GERAL
INSS define como comprovar vida de beneficiário que mora no exterior
ECONOMIA
Mercado financeiro projeta queda de 5% na economia este ano