Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
YARIS-DS DOURAMOTORS - JANEIRO 2021
COTAÇÃO

Dólar fecha em queda e cai a R$ 5,32

25 novembro 2020 - 17h15Por G1

O dólar fechou em queda nesta quarta-feira (25), num dia de ampla fraqueza da divisa norte-americana, que no exterior operava nas mínimas em quase três meses. A moeda norte-americana recuou 1,01%, cotada a R$ 5,3212.

Com o recuo desta quarta, o dólar passou a acumular queda de 7,26% na parcial de novembro, mas ainda tem alta de 32,7% no ano. O Banco Central realizou neste pregão leilão de swap tradicional para rolagem de até 12 mil contratos com vencimento em abril e agosto de 2021.

No exterior, permaneceu o cenário de maior otimismo em meio a esperanças crescentes de que uma vacina estará pronta em breve mantendo o sentimento favorável.

Nos EUA, o número pedidos de auxílio-desemprego aumentou ainda mais na semana passada, sugerindo que uma explosão de novas infecções por Covid-19 e restrições comerciais podem estar impulsionando as dispensas e minando a recuperação do mercado de trabalho.

Os investidores também se debruçaram sobre a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês). No encontro, o formuladores de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) discutiram como as compras de ativos pela instituição poderiam ser ajustadas para fornecer mais suporte aos mercados e à economia, conforme ata do encontro divulgada nesta quarta.

Na agenda de indicadores, a Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas caiu em novembro pelo 2º mês seguido. Já o Banco Central informou que o Brasil registrou um superávit em suas transações correntes de US$ 1,473 bilhão em outubro, acima do esperado. No acumulado em 10 meses, as contas externas registraram um déficit de US$ 7,588 bilhões, o que representa uma queda de 82,3% na comparação com o mesmo período de 2019.

Além das preocupações com o risco de uma segunda onda de contaminações no país e de desaceleração do ritmo de recuperação da economia, segue no radar dos investidores as discussões em torno do Orçamento de 2021 e nas medidas de ajuste fiscal para garantir a saúde das contas públicas. A Secretaria do Tesouro Nacional divulga nesta quarta os dados sobre a dívida pública de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado