Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Nova tendência de decoração utiliza pedras em trabalho

Nova tendência de decoração utiliza pedras em trabalho

25 julho 2012 - 00h00
*Fonte: Da redação com assessoria


A utilização de pedras naturais de alto padrão na decoração contemporânea é uma tendência que está se fortalecendo cada vez mais nas residências em todo o País. Mármores, granitos, limestones e pedras semi-preciosas colocados em pisos, bancadas e tampos de mesa dão o ar de refinamento a qualquer ambiente e possibilitam uma assinatura única nos espaços que são aplicados, tendo em vista serem produtos naturais e impossíveis de serem copiados pelo homem. Na lista de exploração do produto como instrumento decorativo também estão revestimentos, mosaicos e lareiras dando sempre um toque especial aos espaços.



Na capital federal uma grande opção para quem quer dar esse refinamento aos seus ambientes é a Galleria Della Pietra, referência em comércio e distribuição de pedras naturais na América Latina. Entre os materiais que podem ser encontrados no showroom da loja estão mármores, ônix, limestones, travertinos, madrepérolas e pedras semi-preciosas.



O diferencial da empresa é que ela só comercializa os melhores blocos e chapas das jazidas. Além disso, se destaca por ter como conceito uma galeria, onde as pedras naturais são apresentadas como obras de arte da natureza, revelando um ambiente confortável e adequado para apreciação e seleção dos materiais, facilitando para os clientes e profissionais de arquitetura e decoração a escolha de materiais de qualidade para seus projetos.



A Galleria della Pietra comercializa apenas pedras naturais provenientes da Itália, Espanha e também das Ilhas Maldivas – locais onde a tradição e o aprimoramento na seleção do mármore e granito vêm evoluindo durante muitos séculos, o que resulta em um produto exclusivo de maior qualidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde atualiza plano de vacinação com novas categorias na prioridade
BATAGUASSU
Polícia Militar apreende mercadorias descaminhadas
IMUNIZAÇÃO
Vacinas já distribuídas atendem cerca de 10% dos públicos prioritários
BRASIL
Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas