Menu
Busca segunda, 16 de setembro de 2019
POLÍTICA

Odilon vira réu por omissão após assessor destruir documentos

13 setembro 2019 - 09h30Por Dourados News

Derrotado nas urnas no ano passado, quando debutou na política buscando a eleição para o governo do Estado, o juiz aposentado Odilon de Oliveira virou réu em processo administrativo disciplinar no TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região). 

O motivo, seria a omissão do magistrado em relação a destruição de documentos pelo seu primo e ex-assessor Jedeão de Oliveira. A denúncia foi aceita em sessão ordinária do Órgão Especial do Tribunal, realizada na noite de quarta-feira (11).

De acordo com o Midiamax, a abertura do processo contra o juiz foi autorizada por maioria de votos.

O nome de Jedeão veio a público, pela primeira vez, em agosto de 2016, pouco depois de sua exoneração da 3ª Vara Federal, acusado de desvios onde trabalhou por 21 anos, que somam mais de R$ 11 milhões. 

Ele era o diretor de secretaria do juizado comandado até então por Odilon de Oliveira, seu chefe imediato e primo de 5° grau.

Ao Tribunal, a defesa disse que o juiz está aposentado há dois anos e foi responsável, quando ainda atuava, pela instauração do procedimento investigatório que deu causa a toda a investigação criminal e disciplinar contra Jedeão.

“Em nenhum momento o doutor Odilon de Oliveira foi omisso enquanto juiz titular da 3ª Vara Federal de Campo Grande”, afirmou a defesa. 

Ainda de acordo com o site, a advogada alegou que assim que tomou conhecimento de desvio de valores o juiz fez força-tarefa com levantamento de 15 anos dos processos nos quais o servidor atuou. 

“Foi em razão dessa investigação que ele deu início que o Jedeão foi condenado a mais de 41 anos de prisão”, disse a advogada, pedindo que fosse afastada a instauração do processo disciplinar.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Em abordagem a van, policiais descobrem casal transportando droga para SP
PONTA PORÃ
Homem é preso após ameaçar e atirar pedras contra comerciante
GALEÃO
Receita apreende mais de 46 quilos de heroína em aeroporto
ECONOMIA
Endividamento e inadimplência do consumidor têm alta em agosto