Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021

Odonto SESC fica em Ponta Porã até fim do ano

02 setembro 2011 - 12h50
Odonto SESC fica em Ponta Porã até fim do ano

Divulgação (TP)

O Odonto SESC, programa que beneficia a população através de atendimento odontológico deverá manter as atividades até o dia 15 de dezembro.

A informação foi confirmada pela vereadora Dulce Manosso que entrou em contato com diretores do SESC para solicitar a permanência da estrutura do Odonto SESC na cidade: “é enorme a procura pelo atendimento, pois a população sabe que se trata de um atendimento de qualidade. Diante disso, muitos moradores nos solicitaram que pedíssemos a permanência do caminhão com toda a estrutura na cidade. Graças a Deus fomos atendidos”, declarou Dulce
A parlamentar destacou o trabalho desenvolvido por toda a equipe que atua no Odonto SESC e a participação da Prefeitura no desenvolvimento das atividades: “A Secretaria Municipal de Saúde tem dado total respaldo para que os profissionais possam atender a nossa população. Este programa é uma demonstração da preocupação do comércio de Mato Grosso do Sul, através do SESC, em promover ações que beneficiam a comunidade.

Em Ponta Porã o programa é desenvolvido através de parceria da Prefeitura com o SESC, SENAC, Federação Estadual de Comércio, Associação Comercial e Empresarial e sindicato do Comércio Varejista, com total apoio da Câmara Municipal.

O Projeto Odonto SESC consiste numa proposta de atenção em saúde, através de unidades móveis, na qual são realizadas ações de natureza odontológica e educativa nas comunidades onde o SESC não possui clínicas fixas. Em Ponta Porã, a unidade móvel está atendendo desde março deste ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO VERDE DE MATO GROSSO
Polícia Civil prende três suspeitos por tráfico de drogas
ECONOMIA
Setor portuário movimentou 1,152 bilhão de toneladas em 2020
SAÚDE
SES inicia capacitação de Coordenadores e Supervisores Municipais de Controle de Vetores
DISTRITO NOVA ITAMARATI
Polícia Militar apreende contrabando e descaminho que seriam revendidos em Campo Grande