Menu
Busca quinta, 28 de janeiro de 2021

Orçamento bilionário da Justiça Eleitoral reserva 4,1% para partidos

18 agosto 2012 - 00h00Por Fonte: Correio so Estado
O orçamento bilionário de R$ 5,6 bilhões a que a Justiça Eleitoral terá acesso para o ano de 2013 concentra a maior parte dos gastos para o pagamento da folha salarial dos funcionários do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos 27 Tribunais Regionais Eleitorais do país. Estão reservados R$ 3.2 bilhões, além de R$ 885.275.448,00 a ser pago em reajustes, para os servidores que atuam nessas esferas. Em contrapartida, os 30 partidos políticos do país dividirão pouco mais de R$ 232 milhões em decorrência do Fundo Partidário.

Outros itens aparecem discriminados no planejamento apresentado, como a previsão de gastos de R$ 1,277 bilhão para despesas com manutenção predial, limpeza, água, luz e obras em todo o território nacional e construção de novos cartórios eleitorais, orçado. O custeio de benefícios, representados por despesas com assistência médica, creche, transporte, está previsto em R$ 236.894, enquanto apenas R$ 78 milhões, o que representa 1,4% do valor total, deve ser destinado para investimentos em tecnologia e melhorias no sistema.

Além disso, R$ 10 milhões ficarão reservados para gastos com eventuais eleições suplementares que possam ser convocadas em 2013. A proposta, aprovada pela Corte Eleitoral, aguarda a sanção presidencial para ser confirmada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve