Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021

Pesquisadores descobrem nova molécula anticancerígena

28 agosto 2012 - 00h00Por Fonte: Terra


Uma nova molécula anticancerígena e antimetástase que abre caminhos para novos tratamentos alternativos contra o câncer acaba de ser descoberta por uma equipe internacional de pesquisadores.

A molécula, batizada de "Liminib", impede o movimento e a multiplicação das células cancerígenas, em particular as resistentes a tratamentos de quimioterapia, explicou nesta terça-feira o Centro Nacional de Pesquisa Científica da França (CNRS) em comunicado.

A principal característica da "Liminib", resultado de uma década de trabalho e testes em mais de 30 mil moléculas, é sua capacidade de inibir a enzima quinase, cuja presença excessiva favorece a multiplicação das células e propagação do câncer.

Esta enzima regula a dinâmica do esqueleto interno da célula, formado por uma rede de fibras cujos filamentos permitem ela se movimentar e reproduzir. A molécula "Liminib" estabiliza e bloqueia essa rede de fibras, impedindo que sua multiplicação.

Os resultados de um estudo piloto, realizado em ratos, são "encorajadores", segundo o CNRS, que participou da pesquisa junto a outras instituições francesas e cientistas da Austrália e do Reino Unido.

No estudo, ficou constatado que a nova descoberta "não tem apenas boa eficácia, mas que os animais tratados apresentaram boa tolêrância à substância".

Deixe seu Comentário

Leia Também

FINANÇAS
Governo do MS repassou R$ 3,3 bilhões aos 79 municípios em 2020
TACURU
Veículo com mais de 200 quilos de maconha que seguia para Mundo Novo foi apreendido pelo DOF
ESTADO
Governo de MS amplia ações em saúde voltadas para população LGBT
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é autuado por desmatamento ilegal de vegetação nativa em sua propriedade