Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 9.9973-5413
INSTITUCIONAL TOPO
PONTA PORÃ

Campanha 'Coração na batida certa' discute prevenção das arritmias cardíacas no HR

13 novembro 2018 - 14h40Por Da redação

Em prol do Dia Nacional de Prevenção das Arritmias Cardíacas e Morte Súbita, a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas promoveu a campanha “Coração na Batida Certa” ontem (12/11). Em Ponta Porã, a campanha contou com o apoio do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto e da Universidade del Pacífico de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. 

O evento aconteceu no estacionamento do Hospital Regional de Ponta Porã e ofertou serviços como aferição de pressão arterial, orientações sobre arritmia cardíacas, testes de glicemia, auscultação do coração e verificação do índice de massa corporal para pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital.

A aposentada Lucinéia Barbosa da Silva, de 64 anos, foi até o Hospital para marcar a cirurgia de vesícula e aproveitou para verificar a pressão e glicemia. “Vou fazer minha cirurgia esta semana, então estou nos preparativos com os exames. Achei excelente a iniciativa dessa campanha, minha pressão deu um pouco alterada, pois estou ansiosa com a cirurgia. Eles foram bem atenciosos, me deram dicas e me incentivaram a praticar exercícios”, contou.

Segundo dados da Sobrac (Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas) a arritmia cardíaca é uma doença que acomete mais de 20 milhões de brasileiros e é responsável pela morte súbita de mais de 320 mil pessoas todos os anos.

 “A Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas está realizando esse evento em 34 cidades do Brasil, e aqui em Ponta Porã eu sou o representante da campanha. Durante o evento realizamos atendimentos gratuitos de aferição de pressão, verificação de circunferência abdominal, glicemia e aferição de pulso. Tudo isso para identificar fatores que predisponham doenças cardiovasculares e as arritmias cardíacas. Nosso objetivo é prevenir e conscientizar toda a população e combater essa doença que é silenciosa. Agradecemos ao Hospital Regional de Ponta Porã que prontamente nos apoiou na campanha”, disse o estudante de medicina e organizador do evento, João Fernando Esteves Neves.

A enfermeira da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e educação permanente, Mariana Euzébio Januário, comentou a importância dessa campanha para a conscientização de pacientes e colaboradores do Hospital.

“Muitos pacientes e colaboradores que frequentam e prestam serviço em nossa instituição sofrem com sedentarismo, obesidade e hipertensão arterial, que são fatores de risco para as arritmias cardíacas. Logo, conscientizar a população da existência, relevância da doença e modo de prevenção aos fatores de risco são de suma importância. O núcleo de educação continuada apoia ações como estas que visam bem estar da coletividade”, finalizou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BIG BROTHER BRASIL
BBB19 começa hoje: teóricos analisam perfil 'polarizado' de candidatos
ECONOMIA
Dólar tem leve alta e fecha terça-feira cotado a R$ 3,72
GERAL
Justiça de Portugal arquiva extradição de investigado na Lava Jato
HOMICÍDIO
Homem é executado a tiros na fronteira