Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
SAÚDE

Hospital Regional de Ponta Porã realiza mutirão de cirurgias eletivas

12 abril 2019 - 10h00Por Da Redação

Com a reativação de duas salas cirúrgicas e a reabilitação de dois leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), que estavam sem pacientes por falta de manutenção, o Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, de Ponta Porã, iniciou esta semana um mutirão de cirurgias eletivas para atender 76 pacientes que aguardavam na fila de espera. Os procedimentos serão concluídos até o fim do mês.

O mutirão colocará em dia os procedimentos cirúrgicos de vesícula, hérnia, laqueadura e cirurgias ginecológicas e a previsão é de que neste mês também tenham início as cirurgias vasculares. O Hospital incorporou ao quadro de médicos um cirurgião vascular que realizará procedimentos gerais e da especialidade. Outra inovação é que em breve a unidade passará a conta com exames de endoscopia e colonoscopia.

As melhorias foram demandadas pelo governo do Estado ao Instituto Acqua, novo gestor do Hospital, que assumiu com o compromisso de agilizar e modernizar o atendimento a todos os usuários do SUS em Ponta Porã Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru. As medidas cumprem determinação do governador Reinaldo Azambuja e do secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende, dentro do processo de regionalização da saúde em Mato Grosso do Sul.

Transparência

Com uma semana após assumir a gestão do Hospital no último dia 29 de março, o Instituto Acqua reativou serviços e liberou a folha de pagamento dos funcionários referente aos dias trabalhados. O novo diretor geral do hospital, Demetrius Pareja, ressalta que transparência e honestidade são prioridades da gestão.

“Chegamos com uma filosofia de transparência e efetividade. Nossa prioridade é executar o trabalho com qualidade e nesta semana já conseguimos colocar em funcionamento mais duas salas cirúrgicas que estavam inativas; realizamos manutenção e também reativamos dois leitos da UTI, além de contratar um cirurgião vascular. Uma equipe está organizando o fluxo das cirurgias e entrando em contato com os pacientes que estavam na fila de espera para darmos andamento ao mutirão de eletivas”, disse.

Com 107 leitos, o Hospital Regional José Simone Netto oferece atendimento de urgência e emergência, ambulatorial, internação nas especialidades de clínica médica, cirúrgica, gineco-obstétrica, pediátrica, ortopédica e UTI adulto. Possui, ainda, ampla estrutura de apoio diagnóstico e terapêutico. A atenção à saúde oferecida envolve assistência humanizada, integral e contínua, bem como acolhimento dos pacientes com uso de protocolo de classificação de risco além de equipe multiprofissional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
NOVA ANDRADINA
Ciclista morre após ter a cabeça esmagada por carreta
MATO GROSSO DO SUL
Governador nomeia Fábio Rombi Defensor Público-Geral do Estado