Menu
Busca domingo, 24 de maio de 2020
LUTO

Morre Jarbas Pereira, radialista que fundou emissoras na fronteira e animou Exporã

15 agosto 2019 - 14h00Por MidiaMax

Um dos principais radialistas de Mato Grosso do Sul e responsável por ajudar vários profissionais do radiojornalismo a iniciarem suas carreiras, Jarbas Pereira faleceu na madrugada esta quinta-feira (15) em Campo Grande. O radialista por muitos anos atuou na fronteira entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Com mais de 50 anos na radiodifusão, Jarbas Pereira era um personagem registrado da exposição agropecuária de Ponta Porã, a Exporã, sempre apresentando o show de calouros, que era seu maior orgulho.

Vários radialistas atuantes no estado do Mato Grosso do Sul e na região de fronteira, iniciaram suas atividades ao lado de Jarbas Pereira, um homem com personalidade marcante e forte, mas sempre pronto a ajudar os iniciantes na profissão de radialista, pela qual, em Ponta Porã, os comunicadores a autoridades destaques são homenageados com o “Troféu Jarbas Pereira”.

Jarbas Pereira também atuou de forma dinâmica na rádio Clube de Dourados, fundou a rádio Ponta Porã e a rádio Fronteira. Trabalhou como assessor de impresa, aposentado pela Câmara de Vereadores de Ponta Porã. Em sua trajetória foi atuante no sindicato Rural e com sua voz marcante transmitiu e narrou muitos jogos.

Segundo os familiares, o velório e sepultamento será no município de Itaporã no interior do Mato Grosso do Sul, na tarde de quinta feira (15) por volta das 14h, atendendo os desejos de uma das figuras mais marcantes da comunicação fronteiriça e do Mato Grosso do Sul, que teria solicitado ser sepultado ao lado do irmão, o ex Delegado Jaime Pereira “Bigode” e de sua mãe, Isaura Pereira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGV
Seminário Virtual de Engenharia de Alimentos começa amanhã
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e prêmio pode chegar a R$ 33 milhões
CIDADES
Governo vai distribuir 40 mil máscaras para famílias carentes
POLÍTICA
Projeto prevê multa para quem divulgar fake news sobre pandemia