Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
ECONOMIA

Prefeitura da Capital e Estado prometem 13º em dia

09 novembro 2018 - 07h08Por Da Redação

Mesmo em crise e sem saber como deve ser feito o pagamento da folha salarial de dezembro, a Prefeitura de Campo Grande garantiu que vai pagar o décimo terceiro dos servidores em dia, assim como o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, que anunciou o depósito para o dia 20 de dezembro. Juntas, as folhas dos funcionários públicos somam cerca de R$ 555 milhões, sendo cerca de R$ 475 milhões do Executivo estadual e pouco mais de R$ 80 milhões da Capital.

Segundo o secretário de Finanças de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, o cofre municipal tem R$ 77 milhões garantidos para arcar com o 13º salário, mas ainda é incerto como será feito o depósito salarial em dezembro e também em janeiro.

“Para o 5º dia útil de dezembro, não tem tudo. Vamos encontrar um jeito”, ressaltou de forma positiva, para tranquilizar os servidores.

A folha de pagamento do Executivo da Capital oscila entre R$ 90 e R$ 110 milhões, porém, conforme explica Pedrossian, os professores convocados recebem o 13º salário parcelado e incorporado no salário todos os meses, o que faz com que o pagamento reduza para pouco mais de R$ 80 milhões.

“A receita oscila, a despesa às vezes, se acumula, elas têm uma variante e deficit. Mas nós estamos melhor que no ano passado. Ano passado não tinha como pagar e consegui vender a folha por R$ 50 milhões. Hoje, eu tenho uma parcela significativa. Muito longe da normalidade e da calma, mas vai dar tudo certo. Estamos como todo mundo, todos os orçamentos estão em dificuldades”, disse, lembrando da venda da folha dos servidores para o Banco Bradesco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Saúde de Ponta Porã recebe nova ambulância do Samu e mais dois veículos
EMPREGO
Comércio em Ponta Porã encerra fevereiro com variação de 106 postos de trabalho
NOVA POLÊMICA
Bolsonaro determina que 'golpe de 64' tenha 'comemorações devidas'
ECONOMIA
País cria 173 mil empregos, maior resultado para fevereiro desde 2014