Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021

André afirma que crise no Paraguai não afetará vacinação contra aftosa

26 junho 2012 - 08h52Por Correio do Estado
O governador André Puccinelli disse que a crise política no Paraguai não deve afetar a vacinação contra aftosa no rebanho de Mato Grosso do Sul. “Estamos à disposição na questão técnica, para evitar a entrada de doenças que interfiram na sanidade animal", afirma.

O pais vizinho foi retirado do Mercosul ontem (24) depois do impeachment do presidente Fernando Lugo. Com a decisão, Lugo foi imediatamente sucedido pelo até então vice-presidente, o liberal Federico Franco, que ocupará o cargo até as eleições gerais previstas para abril de 2013. A Unasul (União de Nações Sul-Americanas) caracterizou a medida de golpe de Estado.

Aftosa

Em janeiro, Paraguai confirmou um caso de surto de aftosa na fazenda San Pedro. Os rumores da doença começaram em 30 de dezembro de 2011, mesmo dia em que o governo havia publicado um decreto de emergência declarado pelo surto de febre aftosa em setembro na mesma fazenda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Brasil tem quase 30 mil novos casos de hanseníase por ano
CONTRABANDO E CRIME AMBIENTAL
Goiano é autuado pela PMA e preso por Policiais Militares com agrotóxicos do Paraguai
JUSTIÇA
Estudante que ficou três anos sem diploma será indenizada
CASSILÂNDIA
Polícia Militar prende mulher por agredir marido