Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020

Estelionatários pediam dinheiro em nome de prefeito

02 setembro 2011 - 08h45
Mulheres são presas em Pedro Juan Caballero tentando descontar cheques

Merosulnews

Duas mulheres foram presas na manhã desta quinta-feira (1) em Pedro Juan Caballero (Paraguai), quando tentavam descontar um cheque em um banco da cidade. Elas são acusadas de integrarem uma quadrilha que vinha aplicando golpes na vizinha cidade paraguaia se valendo do nome do prefeito de Pedro Juan, José Carlos Acevedo.

Comerciantes da cidade recebiam uma ligação telefônica na qual um homem, se fazendo passar pelo prefeito, pedia dinheiro em caráter de urgência para ‘resolver um problema’ na prefeitura. Foram presas Juana Elisabeth Núñez Almeida, 42 anos, moradora do bairro Villa Adela de Luque, em Assunção e Teresa Zorrilla, 45 anos, residente no bairro Bernardino Caballero, em Pedro Juan.

A polícia apurou que a ligação aos empresários da cidade estariam sendo feitas por um presidiário que cumpre pena na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero. Ele ligava, pedia dinheiro em ‘caráter de urgência’, prometendo que ‘pagaria depois’ e dizia que uma mulher passaria para pegar o valor.

Uma das vítimas disse haver entregado 15 milhões de guaranis (cerca de R$ 7 mil) em cheque e, por segurança, pediu os documentos da mulher que foi recolher o ‘empréstimo para o prefeito’, momento em que percebeu que se tratava de um golpe e chamou a polícia. A mulher foi presa no interior do banco, quando tentava sacar o dinheiro.

Outro comerciante enganado admitiu ter entregado 2 mil dólares em espécie e outros 3 mil dólares en cheque, que ainda não foram recuperados. Todos disseram ter acreditado que realmente era o prefeito e que estivesse precisando de ‘dinheiro vivo’ para resolver algum problema na intendência.

O caso está sendo investigado por agentes do Setor de Homicídios e da 1ª Brigada de Roubos e Furtos da 1ª Comissaria, que fizeram a prisão das duas mulheres. Em uma batida no bairro Maria Vitória, os policiais prenderam a segunda acusada e apreenderam vários telefones celulares e documentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 267
Polícia Militar intercepta e apreende duas caminhonetes que seriam utilizadas pelo crime organizado na região de fronteira
ECONOMIA
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
PONTA PORÃ
Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto
JUSTIÇA
Réus condenados no Tribunal do Júri têm recurso negado