Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021

Manifestação contra animais explorados por circo em Pedro Juan foi um sucesso

Manifestação contra animais explorados por circo em Pedro Juan foi um sucesso

28 abril 2012 - 14h58
Redação - Tião Prado

Na tarde desta sexta-feira (27), por volta das 17 horas, representantes da comunidade de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero indignados com o circo Osvaldo Terry,instalado na cidade paraguaia expondo animais visivelmente mal tratados e humilhados, resolvera, através de redes sociais mostrar toda a revolta contra esse tipo de abuso e organizaram um manifesto defronte ao circo, na Ruta V.

O que mais se ouvia por parte dos manifestantes presentes ao local era que as autoridades Paraguaias deveriam criar leis que proíbam circos de terem animais selvagens em suas companhias, como já acontece em vários estados brasileiros.

Uma das manifestantes, de nacionalidade paraguaia, que pediu para não ter seu nome revelado, disse que iria entrar em contato com a ‘Consejal’ Zulma Icassati Azevedo, que é esposa do senador Robert Azevedo, pedindo que eles criem uma lei também em território Paraguaio para acabar com a presença dos animais em circos.

Infelizmente as autoridades brasileiras nada podem fazer uma vez que o circo está em território paraguaio.

As pessoas revoltadas com tal situação pedem a todos os pais que não levem seus filhos para assistir ao espetáculo de horrores, não incentivar a existência de circos que ainda exploram economicamente, animais que deveriam estar livres em seu habitat natural ou em lugar adequado a sua existência.

As pontaporanenses Sol Mendes Gonsalves e Gabriela Mota que estavam a frente da manifestação, em entrevista a Rádio 91.5 FM Cerro Cora, disseram que ficaram surpreendidas pelo tanto de pessoas que foram participar do ato, elas esperavam poucas pessoas, mas quando chegaram em frente ao circo puderam ver que realmente estão no caminho certo nesta luta contra os maus tratos aos animais em circos.

No Estado de Mato Grosso do Sul, é proibido a participação de animais em espetáculos circenses, através da Lei 3642 de 2009. Além de MS, Alagoas, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Espírito Santo também proíbem a participação dos animais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS volta a registrar mais de mil novos casos de coronavírus em 24 horas
INTERNACIONAL
Instituto Serum: não haverá perda de vacinas com incêndio em fábrica
DOURADOS
Corpos encontrados às margens da BR-163 são identificados
NOTÍCIAS
Nova administração do TJMS será empossada nesta sexta-feira