Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
OPERAÇÃO

Operação da Senad dá prejuízo de mais de R$ 153 milhões ao narcotráfico na Fronteira

11 junho 2019 - 14h00Por Da redação

Em 12 dias, a SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas) tirou de circulação mais de 1.200 toneladas de maconha na fronteira com o Mato Grosso do Sul. A ação é resultado da “Operação Nova Aliança XIX” e deu prejuízo superior a R$ 153 milhões ao narcotráfico.

Conforme o Porã News, durante a operação desencadeada no estado de Amambay, no Paraguai, a secretaria autuou 413 hectares de plantio de maconha e destruiu 103 acampamentos utilizados pelo narcotráfico na região das colônias Maria Auxiliadora, Alpasa e Cerro Guazu.

As ações nesses locais contaram o apoio de helicópteros da Polícia Federal brasileira e da Força Aérea do Paraguai, além dos trabalhos operacionais por terra. 

Ainda conforme o site, ao todo foram incinerados 81 toneladas de maconha picada, 880 quilos de maconha em tablete, 860 quilos de semente da droga, além de 103 acampamentos do narcotráfico que segundo informações, causou um prejuízo de mais de R$ 153.160.940? ao crime organizado e ao narcotráfico que atua nesta parte da fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Homem morre afogado na cachoeira do Céuzinho em Campo Grande
MALÁRIA
Brasil ganha remédio para malária após 70 anos sem novidades no tratamento
BRASIL
Marinha disponibiliza navio para reforçar equipes no Delta do Parnaíba
CONCURSO
Seleção para professores com salário de até R$ 1,9 mil encerra inscrições na segunda-feira