06/12/2017 16h50

Polícia prende jornalista na fronteira por suposto envolvimento com o PCC

Ele nega que tenha qualquer tipo de envolvimento com a facção

 

Da redação

Uma foto ao lado de supostos integrantes da facção criminosa PCC levou para a prisão o jornalista paraguaio que atua na região de fronteira, Sandro Saúl Sánches, conforme informa o site do jornal ABC Color. Ele nega que tenha qualquer tipo de envolvimento com a facção.

"Infelizmente meses atrás saiu uma foto minha com pessoas que eu desconheço", disse ao veículo de comunicação do país vizinho.

A alegação é que os envolvidos na imagem são clientes do consultório de sua irmã, que é dentista.

Ainda conforme o ABC Color, no momento de sua prisão, Sánches tentou se esconder em um supermercado, já que não sabia que se tratava de policiais. O jornalista, morador em Pedro Juan Caballero, alega não possuir qualquer tipo de pendencias judiciais.

A prisão do rapaz ocorreu na madrugada desta quarta-feira.

Pela manhã, de acordo com o jornal paraguaio, policiais realizaram vistorias na casa do rapaz e não encontraram nenhuma ligação entre o suspeito e a facção criminosa.

(Divulgação). (Divulgação).

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet