Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020

Adolescente paraplégico é executado a tiros nos fundos de casa

29 janeiro 2016 - 09h45

O adolescente paraplégico Ozéias Teixeira Vicente, 17, foi morto a tiros nos fundos de uma residência na Vila do Pequi I, em Coxim. O crime ocorreu na manhã desta quinta-feira enquanto o jovem tomava café sob uma árvore com outras três pessoas. O atirador, segundo o Edição de Notícias, foi preso no mesmo bairro e a suspeita do crime é 'acerto de contas'.

Testemunha que estava no local disse que o autor chegou armado com um capacete na cabeça e descarregou o revólver no adolescente. O homem teria comentado “Ozéias eu vim cobrar aquela bronca”. Em seguida, o rapaz teria fugido em um GM Corsa de cor prata.

Conforme o jornal local, Ozéias ainda chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil e Militar esteve no local registrando crime.

Wellington André Rodrigues, 21 anos, foi preso em flagrante no mesmo bairro acusado do crime. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o motivo do crime seria 'acerto de contas'. Em setembro do ano passado, Ozéias atirou contra um jovem de 23 anos, conhecido como 'Sabotagem' em frente a Escola Estadual Padre Nunes.

Assim como Wellington, o adolescente também tinha várias passagens pela polícia por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e assaltos. Ele ficou paraplégico após ser esfaqueado em novembro de 2015 depois de se envolver em uma briga em São Gabriel do Oeste.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
MAUS-TRATOS AO ANIMAL
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
SEMANA DO SERVIDOR
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública