Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020

Após briga, homem manda pitbull atacar namorada

09 setembro 2011 - 16h30

Após briga, homem manda pitbull atacar namorada

Terra

Uma briga entre um casal de namorados terminou com um ataque de um cão da raça pitbull, nessa quarta-feira, em Araçatuba (SP), a 513 km de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, após uma discussão, Claudemir Cândido, 41 anos, decidiu soltar o animal, de sua propriedade, para que ele atacasse a companheira em uma residência, no bairro Alvorada.



O pitbull mordeu a região da cintura da mulher, de 40 anos. Ela teve escoriações, mas passa bem. Quando PMs chegaram ao local o ataque do cão já havia cessado. O casal foi encaminhado para interrogatório a Delegacia de Plantão de Araçatuba, onde ainda não há confirmação sobre a prisão do homem. O motivo da briga não foi detalhado.

Em 24 horas, três ataques de cães em Araçatuba
Além do caso envolvendo um casal, Araçatuba registrou outros dois ataques de cães de raças com potencial para matar, somente na quarta. O mais grave ocorreu em uma casa no bairro Morada dos Nobres, onde uma criança de três anos foi mordida por um rotweiller.



O animal estava preso em um corredor mas conseguiu escapar e acessou uma sala onde a vítima estava. Com inúmeras escoriações, Maria Eduarda dos Santos teve que ser encaminhada para um hospital do município. Até as 14h desta quinta, ela seguia sob atendimento em estado regular.



Já no bairro Vicente Grosso, um cão, de raça indefinida, foi morto após um ataque de um pitbull. O animal teria fugido de um pátio, o que é negado pelo dono.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Paraguai prevê reabertura de lojas da fronteira em setembro
Ministro de Relações Exteriores diz que conversa está avançada com governo brasileiro
ECONOMIA
Captação da poupança bate recorde para meses de julho
Depósitos superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado
SAÚDE
Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa
NOTÍCIAS
Ex-companheiro que permaneceu no imóvel do casal deve pagar aluguéis