Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021

Ator pornô acusado de crueldade contra animais paga fiança e é solto

Ator pornô acusado de crueldade contra animais paga fiança e é solto

12 outubro 2011 - 15h30
G1

Um ator pornô americano acusado de crueldade contra animais foi libertado da prisão domiciliar após pagar uma fiança de US$ 24 mil (pouco mais de R$ 4,2 mil). Raul Armenteros, de 46 anos, afirmou que a prisão havia começado a atrapalhar seu trabalho.

Ele havia sido preso em julho deste ano sob múltiplas acusações de crueldade contra animais depois de a polícia encontrar uma van de Armenteros carregada com cabras, galinhas, pombos e um pato ainda vivos sob sol forte em Miami. Uma das cabras morreu pouco após a chegada dos policiais.

O homem disse à polícia que os animais seriam usados em rituais religiosos de santeria, crença praticada por ele, mas os oficiais não consideraram o argumento suficiente para livrá-lo das acusações.

Armenteros é conhecido no ramo pornográfico em Miami pelos nomes de "Ramon" e "The Monster", e, segundo a reportagem no site da TV CBS Miami, ele seria um dos atores de mais destaque na cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Governo de MS decide pela retomada das atividades da REE de forma remota
ECONOMIA
Nova linha de crédito da Caixa tem juros atrelados à poupança
SAÚDE
Insumos para 12 milhões de doses de vacina devem chegar ao Brasil
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande captura serpente da espécie coral em residência