Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
MATO GROSSO DO SUL

Autuações por maus tratos a animais tem redução de 72% em 2018

06 fevereiro 2019 - 15h15Por Luiz Guilherme

O número de pessoas autuadas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em 2018 foi 72% menor, no comparativo com o ano de 2017. O valor de multas aplicadas foi de R$ 485 mil. O balanço foi divulgado no final da manhã desta quarta-feira (6/2).

Com relação aos maus-tratos, 21 pessoas foram autuadas no último ano; em 2017, as autuações totalizaram 75. Os valores de multas também apresentaram redução, 69,60% a menos. No ano retrasado foram R$ 1.595.700.

A diferença nos números não significa que houve mais ocorrências, porque em alguns casos, de acordo com a polícia, as autuações são de grupos de pessoas, em uma única ocorrência e todos respondem criminalmente e são multados no mesmo valor.

Mas entre os crimes de maus tratos a animais, o mais destacado é o chamado ‘Rinha de galho’. Em 2017 foi aplicado um valor de R$ 1.573.500 em multas, 65 infratores foram autuados e 215 galos apreendidos no Estado, em apenas seis ocorrências. 

Só em duas ocorrências em Campo Grande, foram 59 autuados e as multas alcançaram R$ 1.542.000.

Já no ano passado, apenas uma pessoa foi autuada por rinha de galos, por outro lado, houve uma autuação de R$ 320 mil por maus tratos a 640 cabeças de gado, deixadas sem alimento e água em Cassilândia e, outra, de R$ 108 mil, a 54 cabeças de gado furtadas, em que os ladrões presos e autuados tombaram o caminhão em Costa Rica.

As demais ocorrências de maus tratos são contra cachorros, gatos, equinos, bovinos, aves, porém, com multas menores, pois nesses casos são apenas um ou dois autuados por ocorrência.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUTO
Em MS, apenas 36% dos donos de negócios contribuem para previdência
EVENTO
Colóquio estadual para migrantes, apátridas e refugiados discute nova lei da migração
TRÂNSITO
Motorista morre após bater em poste
POLÍCIA
Homem alega reconciliação, mas não escapa de pena por bater em mulher