Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
PI SANESUL
POLÍCIA

Boletins de ocorrências feitos por Joana, assassinada no centro, serão investigados

07 janeiro 2019 - 15h00Por Luiz Guilherme

Serão investigados pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) e agentes da Polícia Técnica, diversos boletins de ocorrências que segundo a polícia, Joana Batista, de 41 anos, assassinada nesta segunda-feira (7/1), em Ponta Porã, teria realizado. 

A investigação terá como objetivo identificar possíveis causas que levaram ao assassinato dela.

De acordo com informações da polícia, Joana possivelmente estava se preparando para deixar Ponta Porã com o filho, de 15 anos, que também foi baleado, mas não corre risco de morte. 

No interior do carro foram encontradas várias malas com objetos pessoais da vítima. O ataque aconteceu na Avenida Brasil, uma das principais vias de Ponta Porã. 

Como mostrado mais cedo pelo Conesul News, os atiradores chegaram próximo do carro em uma motocicleta e realizou vários disparos em direção ao vidro traseiro do automóvel. 

A arma usada foi uma pistola 9mm.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
Globo sentencia destino do Bem Estar em novo contrato de Michelle Loreto
ECONOMIA
Produção industrial de Mato Grosso do Sul permanece estável
EM MS
Procon realiza pesquisa e detecta preços iguais na venda de GNV no cartão ou em dinheiro
MATO GROSSO DO SUL
Escolagov forma novas turmas em “SQL para iniciantes” e “Redação Oficial”